Após três anos de atraso o Centro de Eventos Júlio Tedesco é concedido e começa a funcionar

Relacionadas

A assinatura da concessão do Centro de Eventos Júlio Tedesco, aconteceu nesta quinta-feira (23), em Balneário Camboriú, com a presença do governador Carlos Moisés e de representantes do consórcio BC Eventos, que venceu a licitação para explorar aquele equipamento turístico. 

Fotos: Santur/PMBC

Foram gastos R$ 142 milhões na construção do Centro de Eventos, sendo R$ 72,2 milhões do Governo Federal, R$ 50,8 milhões do Governo do Estado e R$ 19 milhões da Prefeitura de Balneário Camboriú.

O governador Carlos Moisés lembrou que esta é a primeira concessão de equipamento turístico do Governo de Santa Catarina, mas qualquer comemoração por parte dele parece indevida, porque sua administração demorou três anos para concluir o processo.

Em campanha pela reeleição, Moisés discursou que “queremos um Estado mais leve. Nossa agenda liberal vai andar daqui para frente. Esse Centro de Eventos poderá ter grandes resultados nas mãos da iniciativa privada. Trata-se de um equipamento que vai ajudar a impulsionar ainda mais o turismo”.

Para o presidente da Santur, Renê Meneses, a localização privilegiada do Centro de Eventos o torna muito atraente. Ele conta que o momento de assinatura é de alegria, especialmente diante de todos os entraves.

“Este é um equipamento não apenas para Balneário Camboriú. Ele vai impulsionar toda a Costa Verde Mar. A expectativa é que já tenhamos eventos aqui nos próximos dois meses. Então sabemos a importância deste ato. O setor do turismo foi muito impactado pela pandemia, então fazer essa entrega é especial”, disse.

Via redes sociais, o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, também comemorou o momento, o qual considerou ‘histórico’. 

“Irá alavancar o turismo de negócios em nossa cidade e no nosso Estado de Santa Catarina. A partir de agora, se torna possível uma programação de grandes eventos para a nossa cidade e região”, escreveu.

Um dos principais responsáveis pela concretização do Centro de Eventos, o ex-ministro do turismo Vinicius Lummertz, hoje Secretário de Viagens e Turismo de São Paulo, não foi convidado para o evento, mas disse ao Página 3 que “O Centro de Eventos foi concebido quando eu ainda era secretário nacional de Políticas para o Turismo e o então prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, desistiu de R$ 700 milhões para o Anhembi. Pedimos projetos para vários estados e, por inspiração do ex-governador Leonel Pavan, Balneário Camboriú foi a única cidade contemplada. Entregamos a obra física dia 23 de dezembro de 2018, juntamente com todos os empenhos para todos os acessórios. Infelizmente, três longos anos se passaram sem que o Governo do Estado, mesmo com todos os recursos em mãos, conseguisse colocar o Centro para funcionar. São coisas que não podem acontecer mais em Santa Catarina. Ficam aqui meus parabéns a Balneário Camboriú, que agora poderá sim colher os frutos dessa obra”.

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Geninho Góes, não pôde participar do momento da assinatura, porque tinha outro compromisso, mas enalteceu ao Página 3 o quanto é importante o funcionamento do equipamento para a economia da cidade. 

“Eu já participei da organização de shows nacionais no antigo pavilhão, fiz eventos nacionais, como a segunda BNT que foi ali, organizei o evento da CDL e OAB do Estado; e sei da necessidade de termos verdadeiramente um Centro de Eventos, que tem em sua  história muitos ‘pais’, mas o importante é que todos ganhamos neste momento.  Balneário Camboriú é um destino completo, com natureza, lazer e negócios, o que faz o destino ser movimentado nas 4 estações. Momento histórico tudo que está acontecendo”, destacou.

Outras opiniões

O Página 3 também ouviu empresários ligados ao turismo que participaram da luta pelo Centro de Eventos se tornar realidade, incluindo o ex-prefeito Leonel Pavan, que esteve presente na assinatura da concessão, confira

Leonel Pavan – “Me senti orgulhoso na hora porque ali tem a minha digital. Peguei a obra com 26%, os pilares erguidos somente, e entreguei com mais de 90% concluída, inclusive com os últimos R$ 16 milhões investidos, através de Vinícius Lummertz. Para mim, foi um grande orgulho ver a concretização desse sonho de tantas e tantas pessoas, e o melhor: para uma concessão. O poder público tem que fazer concessão, é o que faz movimentar a economia. Era um sonho de muitos e muitos anos, acompanhei como governador, senador, sempre buscando recursos. Quando eu fui Secretário de Turismo de SC administrei a construção do Centro de Eventos, inclusive fazendo alterações importantes. 

Balneário Camboriú está de parabéns porque muita gente contribuiu, o ex-prefeito Edson Dias, o atual prefeito, Fabrício Oliveira, os ex-governadores Luiz Henrique da Silveira e Raimundo Colombo, o Michel Temer que apoiou com recursos federais. 

Foi uma conquista de muitas mãos, e minhas digitais, meu trabalho, está concretizado ali também. Acompanhei a construção de perto, ia pelo menos duas vezes por semana visitar a obra, fazer modificações, ver cada setor, o que precisava ser alterado. 

Balneário já está vivendo um novo momento de muitas coisas boas, a pandemia trouxe um certo prejuízo, mas despertou coisas boas. 

O Centro de Eventos vai movimentar a economia o ano todo, é o maior do Sul do país e está em Balneário. Vai divulgar a nossa cidade no Brasil e no exterior. Vai movimentar a economia no inverno, vai dar um novo foco, muita luz, gerará muita esperança. Sorte dos gestores que estão nesse momento, que estão entregando, porque não precisaram construir. 

A entrega merece aplausos. O Fabrício foi parceiro quando eu estava no governo, tudo o que eu solicitava ele atendia, além do Edson Kratz também. Tudo o que pedíamos, eles faziam. O mérito é de todos”.

Osny Maciel Junior, gerente do Hotel Sibara, foi presidente do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR BC) e acompanhou de perto o processo envolvendo o Centro de Eventos – “Foi um dia histórico para Balneário Camboriú, para a região e com certeza para o Estado de Santa Catarina. Balneário Camboriú agora entra na rota dos grandes eventos desse país, disputando com as principais capitais e cidades que possuem Centro de Eventos. 

Balneário há tempos já está saindo desse turismo de sol e praia, principalmente com a vinda de novos atrativos para a cidade, como a roda gigante, o aquário, o Parque Unipraias. 

Já lutamos há anos para não ter só esse turismo de sol e mar e a partir de agora a gente pode dizer que temos equipamento que pode receber grandes eventos desse país. Muitos foram os atores que contribuíram para que esse dia [a assinatura do contrato] se tornasse realidade, muitas pessoas começaram esse trabalho há 20, 25 anos atrás. 

Não podemos falar que foi fulano ou ciclano, foram várias pessoas e entidades que lutaram para que esse dia se tornasse realidade. A cidade está de parabéns. E agora temos que trabalhar em conjunto com os empresários que vão fazer a gestão do Centro de Eventos em prol da cidade, da região e do Estado, e cada vez mais atrair grandes eventos. 

O Centro de Eventos de Balneário é um dos mais modernos que esse país vai ter, podendo comportar todos os tipos de eventos, são mais de 33 mil metros quadrados. 

A gente tem um produto maravilhoso em mãos, e vamos trabalhar para que ele atraia eventos, mais empregos, e que a gente realmente consiga movimentar a economia. Parabéns para Balneário, para todos os envolvidos. 

Eu fiquei muito emocionado porque no momento da assinatura do contrato o governador me chamou para assinar junto representando todos esses atores [o trade turístico], todas essas pessoas que lutaram. Ter o nome no contrato foi muito importante e emocionante, e eu não esperava ser chamado. 

A partir do dia 10 de janeiro vai acontecer no Hotel Sibara uma reunião do trade com os gestores do Centro de Eventos, eles vão trazer as notícias, ideias… e esperam que em dois meses já tenhamos evento no Centro de Eventos. 

Já conquistamos e agora vamos trabalhar, lutar, fazer captação de novos eventos. Que venha essa nova fase para Balneário Camboriú!”.

Margot Rosenbrock Libório, hoteleira e presidente do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau – “Foi muito positivo porque depois de tanta espera finalmente o equipamento está sendo concedido. Apesar de haver divergências, a gente tem que torcer pelo sucesso desse equipamento porque o sucesso dele é o sucesso de nossa cidade, da região Costa Verde & Mar e até de Santa Catarina. O equipamento nós sempre dissemos que é fundamental para quebrar a sazonalidade, para trazer um fluxo mais constante de domingo à quinta-feira e usar toda a estrutura que já está instalada na cidade e na região. 

Nós temos leitos disponíveis, temos várias opções de gastronomia, temos prestadores de serviço para turismo receptivo e outros virão, temos serviço de transporte que pode atender toda essa demanda durante todo o ano. 

E vindo esse equipamento a capacidade disponível vai ser utilizada. O mais importante desse momento é que ele vem três anos depois daquela inauguração, que aconteceu em um final de ano, e que não se inaugurou de verdade. 

Agora vem no momento certo, se tivessem feito a concessão há dois, três anos atrás, com a chegada da pandemia o sucesso realmente estaria muito prejudicado. Mas neste momento, quando a retomada verdadeiramente acontece, onde as pessoas estão mais motivadas, me parece que essa concessão vem no momento certo, no momento que era para ser”.

O empresário Nelson Oliveira foi vereador suplente neste ano e teve como sua principal pauta a abertura do Centro de Eventos, dialogando diretamente com o TCE [ele não esteve presente no evento porque está em San Diego, nos Estados Unidos, aguardando o nascimento de sua netinha] – “Acompanhei tudo pela internet, deixei material gravado porque eu sabia que eles assinariam esse documento conforme compromisso que o Secretário da Casa Civil fez com a gente, só não tinha determinado o dia, mas nos garantiu na época que fizemos a reunião com o TCE. Estou muito feliz por ter participado de alguma forma para acelerar esse processo, foi muito extraordinário e vou levar para o resto da minha vida. 

É uma sensação gostosa de ter contribuído de alguma forma com esse grande equipamento que vai com certeza causar uma ‘catapulta’ – se a nossa cidade já é maravilhosa para viver, visitar, investir, agora passa para outro nível. 

Com certeza teremos o desejado, a melhor parte do turismo, que é o turismo de negócios, o que mais remunera, o maior ticket médio. É o sonho de toda cidade que trabalha com o turismo, e nós não somos a capital do turismo catarinense por acaso, tem todo um trabalho já feito há muitas décadas e com muitas mãos. 

Muitas lideranças políticas lutaram pelo Centro de Eventos, para ele chegar nesse nível e, claro, eu transbordo alegria em ver esse Centro de Eventos finalmente, depois de três anos de inauguração: no dia 23 de dezembro de 2018 ele foi inaugurado. Hoje, 23 de dezembro de 2021, quando completou o aniversário de três anos, ele é efetivamente aberto. 

Realmente não tem preço participar de um momento desse. Sei que o documento que confeccionei não fez abrir, mas deu tranquilidade para as autoridades, tanto para o TCE quanto para o Governo do Estado, a entender que a nossa cidade pediu, colocando a bandeira de Balneário Camboriú sobre todas as outras, sem querer discutir qualquer coisa que pudesse atrapalhar. 

Agradeço ao presidente do Legislativo, Marcos Kurtz, que entendeu a ideia. Levo essa certeza de que quando colocamos o bem comum acima dos nossos interesses individuais, as coisas acontecem. Estou muito feliz”.

The post Após três anos de atraso o Centro de Eventos Júlio Tedesco é concedido e começa a funcionar first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também