Através da AMFRI, cidades da região se unem para pedir melhorias à Secretaria de Segurança de SC

Relacionadas

As cidades da região estão planejando em conjunto os pedidos que farão em audiência a ser marcada com a Secretaria de Estado de Segurança Pública, que contará com a participação dos prefeitos dos municípios que integram a AMFRI. Uma reunião do Colegiado de Segurança Pública da AMFRI aconteceu na sexta-feira (9) para discutir o assunto. 

O presidente do Colegiado de Segurança da AMFRI é o Comandante da Guarda Municipal de Balneário Camboriú, Douglas Ferraz. Ele conta que a Secretaria do Estado solicitou uma preparação para reunião, com os municípios da região afim de especificar quais as demandas que possuem, quais instituições específicas envolvidas nos projetos a serem propostos, e quaisquer outros detalhamentos possíveis. 

“O Colegiado de Segurança da AMFRI, formado por 11 municípios, pretende desenvolver uma parceria onde a tecnologia empregada da cerca digital, que é uma realidade e um avanço que as prefeituras tendem a fazer, seja otimizada, com recursos e programas para que os dados possam ser divididos por todos. Balneário Camboriú já tem experiência nisso, já temos uma rede digital grande, então nós vamos auxiliar os outros municípios, desde convênios com base de dados, algumas demandas que precisam ser atendidas, alguns protocolos, quando vão fazer convênio federal, estadual, e nesse sentido vamos auxiliar os outros municípios”, explica. 

Ferraz vê que a parceria entre as cidades, que poderão dividir as imagens das câmeras de segurança, é de ‘suma importância’, podendo inclusive gerar economia para os cofres públicos. 

“Uma vez que, se todos os municípios fizerem uma compra de material ou de sistema, ela pode até mesmo baratear o preço, sendo diferente se Balneário comprar 20 câmeras, Itajaí 20… se fizermos uma compra só, com isso otimizamos o trabalho e fazemos a região mais segura, não só um município, já que um crime que acontece em tal cidade, reflete nas outras. A nossa intenção é fazer a região da Foz do Rio Itajaí uma das mais seguras do país”, afirma.

Aproximação também 

O presidente disse que a reunião com a Secretaria de Segurança de SC vem também com o objetivo de ‘buscar uma aproximação’, com as cidades podendo informar suas intenções, ser ouvidos pelo Governo do Estado e também receber o que Santa Catarina tem planejado para a segurança da região. 

“Alguns municípios têm questionamentos sobre efetivo, até para poderem fazer um planejamento quanto a estruturação municipal da segurança pública, que Balneário e Itajaí já possuem e Camboriú quer fazer”, acrescenta. 

As cidades têm até esta quarta-feira (14) para enviar o formulário do diagnóstico que será aplicado nas Secretarias de Segurança da região, com objetivo de coletar dados de Estrutura Administrativa, Estrutura Operacional, Equipamentos e sistemas, Instituições de segurança no município, Entidades da sociedade civil e Mapeamento da violência.

The post Através da AMFRI, cidades da região se unem para pedir melhorias à Secretaria de Segurança de SC first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também