Balneário Camboriú tem oportunidade de estar na Superliga de vôlei feminino

Relacionadas

Lili, na cidade.

Balneário Camboriú poderá estar entre as equipes que disputarão a Superliga de Vôlei Feminino, no segundo semestre. Segundo o superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) David La Barrica há 90% de chance de oficializar o municipio na principal competição do calendário nacional.

A medalhista olímpica Elisângela Almeida de Oliveira (Lili), ex-jogadora da seleção brasileira de vôlei, está interessada em trazer sua equipe (Londrina) para jogar por Balneário Camboriú. O time já tem vaga garantida na Superliga 2018 e mais um ponto positivo, já tem um patrocinador.

Elisângela chegou nesta quarta-feira a Balneário Camboriú, para conhecer a estrutura de ginásios.

Segundo informou o superintendente, se a estrutura for aprovada, no próximo mês a equipe já estará treinando em Balneário, que a partir de outubro, será sede de 11 jogos da Superliga.

“Em termos de visibilidade para Balneário Camboriú será muito importante, porque os jogos são transmitidos pela Rede Globo e pela Sport TV”, disse La Barrica.

Fonte: Página 3

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também

Bandeira Azul será hasteada em dezembro, garantia de que até a Páscoa as praias estarão limpas e cuidadas

Pela terceira temporada consecutiva, as praias do Estaleiro e Estaleirinho e a Tedesco Marina, hastearão a Bandeira Azul, selo de caráter socioambiental reconhecido...

Balneário Camboriú e Itajaí registram quatro mortes e UTIs no limite

Na UTI para covid do Ruth Cardoso só abre vaga quando morre algum paciente, mas prefeitos continuam inertes O relatório do início da noite...

Inclusão Social realiza Censo sobre população de rua de Balneário Camboriú

A Secretaria da Inclusão Social está fazendo um Censo sobre a População de Rua e nos três dias em que o trabalho iniciou, atendeu...