Biomares: projeto musical de Balneário Camboriú destaca a importância da conscientização ambiental

Relacionadas

Arantxa e sua composição

A jovem violinista Arantxa Vargas Fischer, moradora de Balneário Camboriú, cursa Medicina Veterinária na Unisociesc, onde está participando de um projeto de conscientização ambiental, o Biomares, que tem o objetivo de alertar sobre os malefícios da poluição do mar, causado pelo descarte incorreto do lixo. Para lembrar o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado na sexta-feira (5), ela compôs a música ‘Vamos Ajudar o Fundo do Mar’, que contou com a participação de crianças de Balneário, Itajaí e Jaraguá do Sul.

A música fala sobre um mergulho no fundo do mar, que é a casa de muitos animais, como peixes, peixe-boi e tartarugas, mas demonstra a preocupação com o lixo que é jogado nos oceanos, como o plástico, lembrando da importância de reciclar e preservar.

Como a canção é focada no público infantil, quem a interpretou foi Miguel Pagnossim Scholze, aluno da Musiclin Escola de Música, onde a mãe de Arantxa, Adriane Fischer, é professora de violino. As outras crianças que participam do vídeo (através dos desenhos que ilustram a canção) têm entre seis e 10 anos e moram em Balneário, Itajaí e Jaraguá do Sul, são eles: Kaike Fayad, Luíza Balbinot, Miguel Picker, Isabela Almeida e Samuel Machado.

A coordenação do Biomares é de Moisés dos Santos, e Arantxa contou com o apoio artístico de Mariana Fayad, além do auxílio de Denise Cristina Luciani Fernandes, que contribuiu na gravação do áudio e preparação vocal do intérprete, Miguel.

Confira o vídeo:


Acompanhe o projeto Biomares: clique aqui 

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também