Assista a “Previsão do tempo para quarta-feira (19)”

Assista a “Previsão do tempo para quarta-feira (19)”

Previsão do tempo elaborada pela equipe de meteorologistas da Defesa Civil de Santa Catarina

Coral do Litoral promove Festa Junina e Feijoada

Coral do Litoral promove Festa Junina e Feijoada

Coral do Litoral no Concerto do Dia das Mães com a soprano Carmen Monarcha, em maio 2019.

Desde o início da pandemia, os mais de 60 integrantes do Coral do Litoral vêm realizando ensaios semanais de forma remota.

O grupo é regido pelo Maestro Gil, que considera os encontros semanais de fundamental importância neste momento de isolamento e distanciamento.

Para manter a programação e ao mesmo tempo cuidar do bem estar dos coralistas, vai acontecer neste sábado (20), 19h, a Festa Junina pelo Zoom e no domingo (21), a tradicional feijoada ao meio-dia. Os coralistas devem retirar suas embalagens na sede dos ensaios, Rua Paraguai, 440, onde fica a Associação dos Aposentados e Pensionistas (Asaprev) e levar para saborear em casa com seus familiares.

“Nós temos um grupo grande de pessoas de Balneário Camboriú que se conheceram através do Coral do Litoral e tem sido muito beneficiado com essa integração social, cultura, música e qualidade de vida. Estamos abertos a quem queria participar desses encontros, que no momento são semanais e de forma virtual”, convidou Maestro Gil. 

Programação do aniversário de 56 anos de Balneário Camboriú foi cancelada

Programação do aniversário de 56 anos de Balneário Camboriú foi cancelada

Bolo do aniversário do ano passado tinha 55 metros, o deste ano teria 56.

O secretário de Turismo Valdir Walendowsky confirmou ao Página 3 na manhã desta quarta-feira (17) que a programação de aniversário de Balneário Camboriú foi cancelada por conta da pandemia de covid-19.

Balneário Camboriú completa 56 anos no próximo dia 20 de julho e tradicionalmente o município celebra a data com uma intensa programação, como corte de um bolo gigante; Festa dos Amigos; Casamento Coletivo e outras atrações, além do festival gastronômico Balneário Saboroso que foi adiado para novembro.

Valdir disse ao Página 3, que a programação do aniversário foi inteiramente suspensa, pois não é possível realizar eventos que causem aglomerações.

Walendowsky lembrou o aniversário de Itajaí, que comemorou 160 anos na última segunda-feira (15) e também suspendeu a programação de celebrações. “Não podemos ir contra o decreto, não há mínima chance de fazermos festa agora. Temos que cuidar da questão da saúde, esse é o marco principal. Precisamos resolver isto, pois são os nossos munícipes que recebem os turistas. A segurança da saúde precisa e está sendo a nossa prioridade, é o que as pessoas estão levando em conta na hora de planejar uma viagem também”, afirmou.

SEM RESERVAS

O secretário analisa que o atual momento ainda é ‘muito incerto’ e salienta que não dá para saber se haverá algum movimento na cidade em julho, já que se discute sobre a possibilidade de haver férias escolares. “Nesse último final de semana houve certa ocupação dos hotéis que estavam abertos, mas quem vier será de última hora, reservas antecipadas praticamente não estão acontecendo. O pessoal está muito cauteloso e aos poucos sentirão segurança para voltar a viajar”, acredita.

SELO

Walendowsky informou que está sendo elaborado um protocolo e um selo de fiscalização para meios hospedagem, atrativos turísticos, bares e restaurantes. “Será um diferencial para Balneário e uma segurança a mais, além de algo visual, já que os locais fiscalizados pela Vigilância Sanitária e Secretaria de Saúde terão esse selo. Em breve deveremos ter uma resposta quanto a isso, que servirá de orientativo para todo o setor de turismo da cidade e possivelmente da região. Queremos demonstrar que Balneário Camboriú tem cuidado com todos os equipamentos que integram a cadeia turística”, completou.
 

 

 

Tecnologia vai monitorar uso de máscara em locais públicos

Tecnologia vai monitorar uso de máscara em locais públicos

Uma parceria entre a Polícia Militar e a Prefeitura de Balneário Camboriú já permite detectar, via câmeras de monitoramento facial, quem está usando ou não máscaras de proteção nos pontos mais movimentados da cidade. Com os mapas dessas informações, a Prefeitura fará ações de conscientização nos locais onde for detectada baixa adesão ao uso obrigatório de máscaras de proteção decretado na cidade.

“Vamos utilizar a tecnologia para fazer orientação de forma mais efetiva. Onde o decreto em vigor que obriga ao uso de máscaras não estiver sendo respeitado, colocaremos equipes para orientação, distribuição de máscaras, medição de temperatura e encaminhamentos para postos de saúde quando for o caso. O software que permite tal tecnologia é uma parceria público/privada, cedida pela Polícia Militar, e tem parceria do Município. Mostra, em mais esta ação, a importância de termos a integração das forças de segurança em nossa cidade”, explicou o prefeito Fabrício Oliveira.

Inicialmente, quatro câmeras de monitoramento estão sendo usadas para fazer o reconhecimento de quem está usando ou não máscaras de proteção: a da Avenida Brasil com Avenida Central; a da Avenida Brasil com a rua 1901; da Quinta Avenida com Rua Biguaçu; e a câmera localizada no Pontal Norte. Mas o município está fazendo tratativas para aumentar a amostragem, por meio da ampliação do sistema.

No monitoramento feito até o momento, cujo projeto-piloto iniciou no mês de maio, em média, o uso de máscaras está sendo observado por 70% da população, com maior adesão nas áreas do perímetro central.

__________________
Informações adicionais: Gabinete do prefeito (47) 3267-7019

Programa Sebrae Delas Mulher de Negócios encerra inscrições nesta sexta

Programa Sebrae Delas Mulher de Negócios encerra inscrições nesta sexta

Fabiana e Juliana Mollmann, sócias na Tudonas

As inscrições para a segunda turma do Programa de Desenvolvimento do Sebrae Delas Mulher de Negócios, iniciativa do Sebrae, que busca fomentar o empreendedorismo feminino em Santa Catarina, terminam nesta sexta-feira (19). Esta edição vai selecionar até 500 empresárias de todo o Estado e será 100% digital e gratuita. A iniciativa tem o objetivo de aumentar a probabilidade de sucesso de ideias e negócios liderados por mulheres, e busca valorizar as competências, comportamentos e habilidades femininas, difundindo e profissionalizando a cultura empreendedora.

A gestora do Sebrae Delas Mulher de Negócios, Marina Barbieri, disse que o empreendedorismo feminino tem efeito multiplicador no crescimento econômico da sociedade.

“As empresárias ainda enfrentam muitos desafios, como a maior quantidade de tempo dedicado à família e às atividades de casa, e a dificuldade para acessar crédito. Em tempos de crise, algumas desigualdades se aprofundam, aumentando ainda mais as dificuldades enfrentadas pelas empreendedoras. Acreditamos que a inclusão produtiva das mulheres via o empreendedorismo favorece a melhoria dos aspectos sociais, educacionais e indicadores de saúde tanto das empreendedoras quanto de suas famílias”, comenta Marina.

A empresária Amanda Magalhães participou da primeira edição do Programa, em 2019, e conta que o Sebrae Delas foi fundamental para que ela superasse os desafios que vieram com a crise do novo coronavírus. Proprietária da Toré Chocolates de Origem, marca de chocolates artesanais lançada em dezembro do ano passado, ela precisou refazer toda a estratégia do seu negócio para enfrentar a crise. A confiança para lidar com as adversidades logo no início do negócio foi construída ao longo da formação como empreendedora, com a ajuda de programas como Sebrae Dela Mulher de Negócios. “Quando eu comecei no Sebrae Delas foi quando eu decidi abrir a empresa e ali eu me senti acolhida como empreendedora e mulher, foi muito importante ter referências femininas”.

A empresária ainda acrescenta que mesmo com as mudanças estratégicas logo no início, ela enxerga essa fase como uma oportunidade para aprender coisas novas e transformar o negócio para o período pós pandemia.

O mesmo aconteceu com as empresárias Fabiana e Juliana Mollmann. Sócias na Tudonas, negócio de roupas femininas com tamanhos diferenciados de Blumenau, elas precisaram rever as formas de trabalho para se adaptar ao período. Com o showroom da loja fechado e a maioria dos clientes lojistas também passando pela fase de crise, a marca aproveitou o cenário de incertezas para investir também no comprador final, com a realização de um bazar online e a criação de um site para e-commerce.

“O apoio do Sebrae foi primordial para enfrentar esse momento que estamos vivendo com a Tudonas, para fazer as escolhas com a segurança de que as nossas decisões são as melhores para a empresa”, explica Fabiana.

Meu, eu, nós

O Sebrae Delas Mulher de Negócios é baseado em três pilares, “Meu, eu, nós”, voltados para despertar e fortalecer a cultura empreendedora das mulheres.

“O eu corresponde ao que a mulher precisa desenvolver em sua vida, carreira, família, saúde e outros aspectos de sua vida. O meu, é tudo o que envolve o meu negócio, ideia e projeto, e o nós são assuntos que envolvem o universo da comunidade feminina. Os conteúdos aqui trabalhados visam a conexão entre as participantes e também a sua conexão com outras empreendedoras, a fim de construir e fortalecer redes de empreendedorismo feminino”, explica a gestora do Sebrae Delas Mulher de Negócios, Marina Barbieri.

Uma pesquisa divulgada pelo Sebrae mostra que os negócios liderados por mulheres estão sendo mais impactados com a crise do novo coronavírus. De acordo com o estudo, 52% dos negócios tocados por elas foram afetados “temporariamente” ou “de vez” pela pandemia, contra 47% das empresas tocadas por homens. O levantamento mostrou ainda a dificuldade que elas têm no acesso ao crédito. Entre as donas das empresas entrevistadas, 44% afirmaram que jamais buscaram empréstimo em bancos, contra 38% dos homens. Desde o início da pandemia, apenas 34% das mulheres buscaram financiamento, contra 41% dos homens. A intenção de pedir socorro aos bancos durante a crise também é menor entre elas, 54% contra 64% dos homens.

Inscrições: clique aqui. Podem participar microempreendedoras individuais e proprietárias de empresas de micro e pequeno porte.

Fonte: Na Mídia Assessoria 
Feira da Cultura abre inscrições para novos feirantes

Feira da Cultura abre inscrições para novos feirantes

A presidente da Fundação Cultural, Denize Leite anunciou a abertura de inscrições para interessados em trabalhar na Feira da Cultura e na Feira da Barra. Novos cadastros estavam suspensos desde o início da pandemia. Antes de avaliar os novos inscritos, a Fundação Cultural analisará os produtos dos feirantes que estavam na fila de espera quando a curadoria presencial foi suspensa.

As vagas são para a Feira da Cultura, realizada aos sábados, das 9h às 15h, na Praça da Cultura, e para a Feira da Barra, sempre aos domingos, das 10h às 16h, na Praça do Pescador.

O cadastramento deve ser feito via Plataforma de Interação Cultural (PINC), no site da Fundação Cultural https://culturabc.com.br/pinc. O feirante tem de acessar a plataforma, efetuar o cadastro e colocar fotos dos produtos que pretende comercializar. E

O processo de curadoria (avaliação dos produtos) será on-line.

Informações – Fundação Cultural (47) 3366-5325 

Bombeiros voluntários realizam ação de prevenção ao Covid-19 em Balneário Camboriú

Bombeiros voluntários realizam ação de prevenção ao Covid-19 em Balneário Camboriú

Trabalho voluntário na Tamandaré

Os bombeiros voluntários de Balneário Camboriú realizaram na manhã de sábado (13) uma ação para orientar a população sobre a necessidade de se prevenir do Coronavírus, protegendo a si mesmo e aos outros, na Praça Tamandaré. Foi distribuído álcool gel e máscaras para quem estava sem o item.

O comandante dos bombeiros voluntários de Balneário, o jornalista Carlos Magagnin explicou ao Página 3 que a ação foi realizada na Tamandaré por ser um local de grande movimento, principalmente a pé.

“A receptividade foi muito boa, alguns viam que estávamos passando álcool e já vinham com a mão esticada e agradecendo a iniciativa. Prevenção nunca é demais e essa é nossa missão também, auxiliar as forças neste momento de pandemia. Uma equipe ficou de prontidão também para atendimento e verificação de sinais vitais”, diz.

Trabalho segue na rodoviária

Os bombeiros voluntários também estão atuando na rodoviária de Balneário Camboriú, que reabriu há uma semana, apesar de estar operando com apenas três linhas.

“Estamos verificando quem chega e sai de Balneário Camboriú pelo local. Todos os passageiros que desembarcarem terão a temperatura verificada e responderão a um questionário. Caso seja necessário serão encaminhados ao Centro Municipal de Combate e Tratamento ao Covid-19”, acrescenta Magagnin.

Bikelâncias retornaram

Bombeiros reativaram as bikelâncias

Outra novidade do grupo é o retorno das Bikelâncias – serviço de ambulância com bicicletas. Os bombeiros voluntários haviam dado uma pausa na modalidade para apoiar na barreira de acesso ao Centro do Covid, mas no último dia 7 retornaram com o serviço. As Bikelâncias circulam por toda a cidade, percorrendo a malha cicloviária; atendem ocorrências onde sejam solicitadas e têm a flexibilidade de deslocamento em dias com trânsito congestionado. Além de atendimento pré-hospitalar, fornecem informações aos moradores e turistas.

Fiscalização fecha sete estabelecimentos em Balneário, e contaminado com Covid-19 vai a restaurante na Brava

Fiscalização fecha sete estabelecimentos em Balneário, e contaminado com Covid-19 vai a restaurante na Brava

A equipe de fiscalização de Balneário Camboriú fechou neste final de semana sete estabelecimentos que estavam causando aglomerações, entre eles um ‘bailão’ na Rua Corupá, no Bairro dos Municípios, e novamente o La Belle, balada conhecida que fica na Avenida Atlântica e já havia sido interditada em meados de maio pelo mesmo motivo. Também houve outra situação que repercutiu: no sábado (13) um homem que está com Coronavírus esteve em um restaurante na Praia Brava de Itajaí e postou fotos nas redes sociais. mas ele nega que esteve lá.

La Belle, reincidente 
Bailão na Rua Corupá

Foi ou não foi?

A Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú recebeu denúncias no sábado (13) de que um homem que está com Coronavírus estava em um restaurante na Praia Brava de Itajaí. Ele postou fotos e vídeos do almoço na rede social Instagram. Nem todas as pessoas que contraem Covid-19 precisam ser internadas, mas o isolamento social é obrigatório para não contaminar outras pessoas. O homem denunciado vinha sendo acompanhado pela Secretaria de Saúde de Balneário, porque reside na cidade.

A Secretaria de Saúde tentou contato telefônico com o homem, mas ele não atendeu. Com apoio da Vigilância Sanitária de Itajaí, já que ele estaria na Praia Brava, a PM e equipe da Saúde de Balneário foram até o local que aparecia nas fotos, mas o homem não estava mais lá e nem na casa onde mora. Horas depois, o homem foi localizado via telefone e negou a ida ao restaurante, além de ter apagado as imagens que estavam no Instagram.

O Ministério Público foi notificado sobre a situação e a Secretaria da Saúde informou o denunciado sobre a responsabilidade dele, já que pode ter contaminado outras pessoas.

A ocorrência é de extrema preocupação, já que as UTIs e hospitais de Balneário e região estão lotados ou perto de atingir a lotação. O prefeito Fabrício Oliveira está em contato com prefeitos da Amfri e há chances de fazer lockdown, já que o Governo do Estado não está apoiando Balneário e os demais municípios atendidos pelos hospitais Ruth Cardoso e Marieta Konder Bornhausen, de Itajaí e a contaminação está crescendo rápido na região.

Estabelecimentos fechados durante o feriado

O diretor de Fiscalização de Obras, Planejamento e Posturas de Balneário Camboriú, Matheus Rafaeli, explica que a operação de fiscalização foi intensificada e aconteceu desde o feriado de Corpus Christi, na quinta-feira (11), com equipes percorrendo estabelecimentos para verificar se estavam cumprindo as regras de prevenção ao Coronavírus, com destaque para o distanciamento social, uso de máscara e evitar aglomerações.

Segundo Matheus, 16 estabelecimentos não estavam respeitando as medidas de segurança, e sete foram fechados por estarem sem condições de continuar em funcionamento, devido ao grande número de pessoas.

O Bartolomeu, bar que fica na Avenida Atlântica com a Rua 1.500 foi denunciado por estar ocupando a calçada com mesas e cadeiras, mas a situação foi resolvida na mesma hora e o local não precisou ser fechado. Porém, foi diferente no La Belle, conhecida balada que fica na Atlântica, na Barra Sul. O local já havia sido interditado em maio e novamente foi fechado.

“Já estávamos monitorando desde sexta-feira (12) e no sábado (13) batemos lá, e as atividades foram encerradas. Havia inúmeras pessoas lá dentro, desrespeitando várias medidas de segurança sanitária”, diz.

Enquanto atendiam essa ocorrência, os fiscais foram avisados que um ‘bailão’ acontecia na Rua Corupá, no Bairro dos Municípios, em um galpão.

“Era totalmente fechado, insalubre, sem nenhum tipo de higiene, não havia outra alternativa além de encerrar a atividade e lacrar o local”, afirma.

Fiscalizações continuam

O diretor aproveita para lembrar que a fiscalização segue acontecendo, focando nos estabelecimentos que estão desrespeitando a população, sem cuidados com a prevenção ao Coronavírus, principalmente porque os casos seguem aumentando.

“Vamos continuando a trabalhar de maneira firme para que os locais irregulares não funcionem dessa forma, para que tudo não tenha que ser fechado novamente. É preocupante, pedimos que as pessoas tenham consciência, a vida ainda não voltou ao normal e estamos estudando medidas mais rígidas para reincidentes que insistem nessas irregularidades”, completa.

 
Retomada do turismo: equipamentos reabriram neste feriado

Retomada do turismo: equipamentos reabriram neste feriado

Pore Renata Rutes

Não há expectativa de movimento forte neste final de semana prolongado que iniciou nesta quinta-feira (11), com o feriado de Corpus Christi, que culminou com a reabertura da maioria dos equipamentos turísticos da cidade, com exceção do Cristo Luz, que só abre em julho. Todos estão fechados desde meados de março, quando se instalou a pandemia e esta semana foram autorizados a reabrir com restrições e seguindo as normas de saúde. A expectativa é que a cidade tenha um movimento, mas ele será pequeno. Duas barreiras de abordagem aos turistas vão acontecer: uma na rodoviária e a outra nas proximidades do Posto de Informações Turísticas (PIT), que fica na Avenida do Estado, com aferição de temperatura e dos sintomas. Se houver algum caso suspeito de Coronavírus, a pessoa é encaminhada ao Centro de Acolhimento e Tratamento da Covid-19, que fica anexo ao Hospital Municipal Ruth Cardoso.

“Estamos trabalhando para a retomada da economia”

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Valdir Walendowsky, explica que é ‘muito difícil’ prever o movimento da cidade, mesmo com o feriado e com a reabertura dos equipamentos turísticos, citando que a retomada deve ser ‘lenta’, já que ‘as pessoas ainda estão com medo de viajar’. 

“Quantas pessoas ou quando elas virão só o tempo vai dizer. Sabemos que elas têm vontade de viajar, ainda mais estando tanto tempo em casa. O público precisa ter ciência que nossos equipamentos estão seguindo os protocolos de saúde, assim como os meios de hospedagem. Esse tende a ser o início da retomada do turismo. Estamos ampliando os protocolos de saúde, Balneário Camboriú está fazendo a sua parte. A economia precisa recomeçar, temos que voltar a ganhar. Estamos trabalhando para a retomada da economia, pela geração de empregos, se isso não acontecer tudo vai virar um caos”, diz.

Walendowsky cita que as pessoas estão procurando por cidades que transmitirão segurança em saúde, e que o governo municipal de Balneário está se preocupando com isso. 

“O prefeito Fabrício Oliveira está trabalhando diretamente com o staff da Saúde, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal. O foco está sendo em garantir a saúde para atender quem vem de fora e também quem está aqui, como os moradores e também colaboradores do setor turístico. Aliás, o turismo está se mostrando ainda mais essencial, os empresários e a comunidade estão percebendo e valorizando-o ainda mais”, acrescenta.

O secretário lembra que a ausência dos ônibus interestaduais (que retornam em 2 de agosto, segundo o último decreto estadual) e a diminuição das linhas aéreas também dificultam a retomada do turismo que, na opinião dele, tenderá a ser mais rodoviário, com o público viajando principalmente em seus automóveis. 

“Estou em contato todos os dias com o trade, local e regional, porque o trabalho precisa ser conjunto, já que há o aeroporto que fica em Navegantes, o Beto Carrero em Penha, etc. Avaliamos que as pessoas ainda estão com medo de irem para outras cidades, por isso há poucas reservas nos hotéis, por exemplo; mas é normal esse processo ser lento, temos consciência que é tudo dentro da normalidade”, afirma.


Parque Unipraias 

Evódio João de Souza, diretor do Parque Unipraias

“Vamos oferecer segurança aos nossos visitantes. Sabemos que o turismo irá mudar por conta do que estamos passando e por isso é tão importante nos adaptarmos e utilizarmos todas as ferramentas possíveis. Seguimos rigorosamente todos os protocolos estabelecidos e os visitantes certamente irão aprovar cada uma das mudanças nos momentos que estiverem aqui se divertindo”.

Como vai funcionar o Parque

A direção do Parque Unipraias adequou todas suas atividades às necessidades de reforçar a atenção com a higiene, visando garantir a segurança de visitantes e funcionários. Fechado desde meados de março, o Unipraias já recebeu autorização das autoridades para voltar a funcionar e realizou treinamento aos colaboradores com orientações sobre o vírus e a importância de adotar os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde e OMS. 

“Embora grande parte dos ambientes do Unipraias seja em área aberta, nossa fiscalização será constante no sentido de que todos os visitantes cumpram o distanciamento, evitem aglomerações e utilizem máscaras”, explica o Gerente Geral Alfredo Kuhn.

Nas duas entradas do Parque, localizadas na Estação Barra Sul e Estação Laranjeiras, será verificada a temperatura de todos os visitantes, antes do embarque nos bondinhos. Dispersores com álcool 70% para limpeza das mãos estarão disponíveis em todas as estações, próximo a espaços interativos e em áreas de circulação.  O uso de máscara será obrigatório, tanto para visitantes, quanto para colaboradores e lojistas. As filas da bilheteria de todas as atrações dispõem de barreiras físicas para garantir o distanciamento social. Dentro das cabines dos bondinhos e demais atrações, as famílias e os grupos de amigos serão mantidos sempre juntos, sem se misturarem com outros visitantes. Todos os equipamentos das atrações serão higienizados antes e após cada utilização, bem como higienização das mãos de todos com álcool 70%.

Promoções

Há valores promocionais disponíveis pela Loja Virtual ( www.unipraias.com.br ) até 30 de junho. A validade para utilização dos ingressos é até dia 30 de novembro de 2020. Alguns combos disponíveis são: Bondinho do Parque Unipraias + Barco Pirata de R$ 95 por R$ 50; Bondinho do Parque Unipraias de R$ 46 por R$ 25; Barco Pirata de R$ 49 por R4 25. Todos os produtos podem ser parcelados em até 5x sem juros. Não estão inclusas na promoção as atrações Youhooo!, Ziprider e Fantástica Floresta. Cada cadastro dá direito a três acompanhantes com mesmo desconto. 


Oceanic Aquarium

 

Cristiano Buerger Filho, sócio-diretor do Oceanic Aquarium, o aquário de Balneário Camboriú, que havia sido inaugurado oficialmente no dia 13 de março, fechando pela pandemia poucos dias depois 

“Não fizemos nenhuma demissão por conta da quarentena, continuamos com a nossa equipe de 70 pessoas, que atuam diretamente conosco, apenas suspendemos temporariamente a equipe comercial. Fechamos dia 17 de março; a equipe técnica continuou a trabalhar com os animais, não parou nada. Durante esse período fechados focamos bastante nas mídias digitais como Facebook, Instagram, nosso site e também no YouTube, criando conteúdos educativos com os animais, com o objetivo de levar diversão para as crianças que estão em casa. O público interagia bastante, tivemos muitas visualizações e interações, e vamos seguir com isso mesmo com a reabertura. Estamos acompanhando tudo a nível mundial, junto da Fundação Mundial de Aquários, Associação dos Parques Temáticos, e estamos seguindo todos os protocolos deles, além das recomendações básicas, como limitação de público (até 50%), espaçamento das filas, monitoramento da saúde dos colaboradores, álcool em gel, uso obrigatório de máscara, aferição de temperatura. Fomos além e também instalamos novos renovadores de ar, adquirimos tapetes químicos para sanitização dos calçados nas entradas do aquário, contamos com uma assistência médica que fará visitas semanais para apoiar nossos colaboradores, além de uma empresa sanitização que atuará diariamente conosco. Adquirimos também uma câmara com névoa ozonizada, que fica na entrada do Oceanic, todos os visitantes terão que passar por ela, ficando 10 segundos cada pessoa. Há um laudo que ela mata o Covid-19 com seis segundos de contato, que acaba sendo mais uma diminuição de risco para nós. Estamos muito felizes em finalmente voltar, ficamos 75 dias abertos (desde o final de dezembro/2019 até 16 de março) e 80 fechados. Sabemos que será algo gradual, mas vemos que as pessoas precisam ter lazer, ainda mais o aquário que é algo educativo e que é uma visita contemplativa, sem contato físico. As áreas que poderiam ter algum risco, o playground infantil e o tanque de toque, estão temporariamente fechados. Falei em uma reunião com o governador Moisés que não adianta proibir todo o lazer, isso quebra os comércios, todo mundo depende disso. O inverno chegou, praia não tem mais, eventos e baladas também não, se não tiver alguns poucos atrativos não tem sentido as pessoas virem para Balneário. Estive há alguns dias em Gramado e encontrei muitos catarinenses lá, Foz do Iguaçu também está reabrindo, vamos acabar perdendo público”.

Ingressos

  • Os ingressos para o Oceanic Aquarium estão custando R$ 40 (adulto) e R$ 20 (meia-entrada para idosos, crianças e estudantes). Portadores de deficiência, aniversariantes, policiais e crianças até quatro anos não pagam.

Complexo Ambiental Cyro Gevaerd
(o Zoo da Santur)
 

Márcia Regina Gonçalves Achutti, bióloga do Complexo Ambiental

“Vamos reabrir quinta-feira (11) e estamos muito animados. Conseguimos continuar com a nossa equipe, que é de 20 pessoas, reduzindo apenas os salários, com o apoio dado pelo Governo Federal (50% da empresa + 50% do valor pelo governo). Trabalhamos normalmente durante todo esse período, cuidando da manutenção de nossos animais, com alimento, água, limpeza dos recintos; também seguimos com o nosso programa de reabilitação dos animais, em parceria com a Guarda Municipal Ambiental. Sentimos muito a falta do público, além de que a bilheteria é a nossa principal renda, mas conseguimos superar. Muitas pessoas estão ligando, solicitando também através de nossas redes sociais, perguntando quando será a reabertura. Nosso principal público são as famílias, e torcemos para que elas venham nos visitar. Sabemos que as pessoas estão cansadas de ficar em casa, e o zoo é uma área aberta (o berçário e o museu, que são locais fechados, não poderão ser acessados pelo público), e tomamos todas as medidas de prevenção, como o distanciamento, álcool gel em todas as unidades (aquário, terrário, na entrada), o uso de máscara é obrigatório, também faremos a aferição da temperatura do público, e colocamos várias placas informativas. Esperamos um bom movimento no feriado, mas sabemos que a volta será gradual”.

Ingressos

  • Os ingressos para o Complexo Ambiental Cyro Gevaerd estão custando R$ 20 (adulto) e R$ 10 (crianças de seis a 12 anos, idosos e estudantes). Crianças de até cinco anos, acompanhadas dos pais, não pagam. 

Parque Ecológico 

Parque Municipal Raimundo Malta liberado para visitação, mas com restrições

A partir desta quinta-feira (11), estará permitida a visitação ao Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta, o Parque Ecológico de Balneário Camboriú. O Parque, que havia fechado em março em razão da pandemia de Coronavírus, já estava funcionando desde final de abril, mas somente para prática de atividades físicas, como yoga, alongamento e caminhadas nas trilhas (atividades que não danificam a vegetação). Agora, a visitação está liberada, mas o público só pode permanecer no local por, no máximo, uma hora – a regra é válida para parques e citada no decreto estadual. 

O coordenador do Parque, Marcio Lucas Canalle, explica que vão enfatizar ainda mais os cuidados de prevenção ao Covid-19, evitando a entrada de pessoas que integram os grupos de risco e reforçando as necessidades dos cuidados, como uso de máscaras. 

“Oferecemos álcool em gel na entrada e vamos reforçar a permanência de, no máximo, uma hora. Quanto à circulação, o Parque é um espaço amplo, e as pessoas podem circular livremente”, diz.

  • É recomendável que o visitante observe as condições climáticas, pois o local não abre em dias chuvosos. A entrada é gratuita e aberta ao público, mas não é permitida a entrada animais domésticos. O Parque fica no Bairro dos Municipios e funciona diariamente das 13h às 17h.

Cristo Luz

Mário Pretto, diretor do Complexo Turístico Cristo Luz

“O governo ficou um pouco perdido, nos passaram que poderíamos reabrir em maio e isso acabou sendo postergado, por isso decidimos reabrir somente em 1º de julho. Estamos nos preparando para isso. Dependemos muitos dos turistas que vêm de avião e com roteiros programados que incluem o Cristo, que vêm normalmente de cidades de estados de São Paulo, Paraná, além de países como Uruguai, Argentina, Paraguai, e que não estão viajando. O esquema de grupos é um produto forte e o principal para a manutenção do nosso complexo. Pagamos as férias da nossa equipe e por isso não vamos reabrir agora, e abrir sem movimento também gera muita despesa. Tivemos algumas demissões pós Semana Santa, o que é normal (mais de 50% cai de abril a outubro), mas conseguimos segurar a nossa equipe com a quarentena. Porém, se soubéssemos que iria durar 90 dias teríamos conseguido nos preparar mais. Seguimos em contato com o trade turístico da cidade, mas há muita dúvida sobre tudo, começa na OMS e termina no Estado as contradições. Vejo que há muito lado político e não consideraram a importância do problema, que é no Brasil todo; não é fofoca de setor, há um número grande de falências de pequenas empresas, que são a maioria em Balneário Camboriú e ligadas ao turismo, e seremos os últimos da fila a voltar a crescer. É uma incoerência e está causando um grande desequilíbrio”.


Confira o que abre e o que estará fechado no feriado

Saúde

Durante o feriado, os atendimentos serão realizados apenas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h das Nações (R. Israel, 205), Pronto Atendimento do Bairro da Barra Rua Jardim da Saudade, 1500 – Barra), Pronto Socorro do Hospital Municipal Ruth Cardoso (Rua Angelina, s/nº – Bairro dos Municípios) e no SAMU pelo 192. A Secretaria de Saúde irá trabalhar 24 horas no Comitê de Crise Covid-19, assim como a Vigilância Epidemiológica atenderá os canais de serviço para as pessoas que possuem sintomas gripais leves. O atendimento pode ser realizado pelos telefones (47) 3267-7134, (47) 3267-7133 e (47) 99243-4894. O Centro de Acolhimento e Tratamento do Coronavírus também funcionará normalmente para atender aqueles que possuem toda e qualquer síndrome respiratória, falta de ar, cansaço e febre, além de pessoas que apresentarem qualquer sintoma leve, tais como irritação na garganta, coriza, tosse, dor de cabeça, indisposição física, não sendo necessário apresentar todos os sintomas. O centro está montado na estrutura do Pronto Atendimento do Bairro dos Municípios, ao lado do Hospital Ruth Cardoso.

Prefeitura

Os atendimentos no Paço Municipal podem ser feitos no portal da Prefeitura na plataforma on-line 1Doc, que tem sido uma das principais formas de atendimento. Este é um sistema oficial de protocolos da Prefeitura e estará em funcionamento normal durante este feriado em que não haverá atendimento presencial.

EMASA

O Balcão de Atendimento não terá expediente nesta quinta-feira (11), feriado nacional de Corpus Christi. O plantão 24h para serviços emergenciais segue pelos Canais de Atendimento: SAC – 0800-643 6272 ou no Fala Emasa (whatsapp) – (47) 3261-0000. Já na sexta-feira e sábado (12 e 13), o atendimento presencial funciona em horário normal, das 8h às 18h e 9h às 12h, respectivamente, com todas as medidas de segurança já implementadas devido a pandemia do Coronavírus.

Secretaria de Obras

As equipes ficarão em sistema de sobreaviso apenas para pequenos reparos emergenciais pelo WhatsApp no número de plantão (47) 9982-2139.

Segurança

A Guarda Municipal e os Agentes de Trânsito seguem trabalhando normalmente, atendendo ocorrências pelo 153, assim como a Polícia Militar através do 190, Bombeiros 193 e Defesa Civil 199.

Resgate Social

O Resgate Social, serviço da Secretaria de Inclusão Social responsável por abordar e auxiliar pessoas em situação de rua também segue trabalhando normalmente 24h todos os dias, incluindo domingos e feriados. Mais informações pelo telefone 156.

Agências bancárias

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que na quinta-feira não haverá atendimento bancário em todos os municípios brasileiros. Com as agências bancárias fechadas, estarão prorrogados para o primeiro dia útil subsequente, no caso, sexta-feira, todos os vencimentos de contas, incluindo os boletos e contas de concessionárias, agendamento de pagamentos e envios de transferências.

Lotéricas:

A abertura fica a critério de cada proprietário, mas a maioria deve permanecer fechada na quinta-feira.

Correios:

As agências de Balneário Camboriú (tanto a da Avenida Brasil quanto a da Rua 600) não abrem na quinta, com funcionamento normal na sexta-feira (12).

Comércio

O comércio de Balneário Camboriú funciona normalmente, incluindo os shoppings. O Atlântico Shopping recebe ao público diariamente: das 12h às 20h (lojas) e das 12h às 21h praça de alimentação; já as lojas do Balneário Shopping estarão com funcionamento das 14h às 20h e os restaurantes e praça de alimentação das 12h às 22h.


 

 
Feira de produtos orgânicos em Balneário Camboriú é nessa quinta (11)

Feira de produtos orgânicos em Balneário Camboriú é nessa quinta (11)

O Sítio Flora Bioativas, de Porto Belo que cultiva produtos orgânicos sem adição de defensivos químicos, realiza feira em espaço no centro de Balneário Camboriú nessa quinta-feira (11). Além de alface, couve, brócolis e muitos outros produtos, o Sítio Flora Bioativas ainda cultiva de forma orgânica plantas alimentícias não convencionais como ora-pro-nóbis e açafrão da terra, as plantas para uma alimentação biodinâmica.

O público encontrará na feira do sítio, in natura, em farinha ou cápsula, o açafrão da terra, conhecido também como cúrcuma. É muito utilizado na culinária, mas também é estudado como rico em propriedades medicinais que auxiliam nas atividades anti-inflamatória, ação antioxidante, redução do nível de glicose, redução de fatores de risco associados a doenças cardiovasculares, tratamento de Alzheimer e prevenção ao câncer.

A engenheira agrônoma Dalva Schuch que trabalha no ensino do cultivo de orgânicos, o consumo desses alimentos traz benefícios à imunidade e à saúde porque são cultivados livres de venenos. O incentivo ao consumo de orgânicos vem de iniciativas como a da proprietária do espaço Flor de Oliva, Karin Schaefer, onde a feira vai se realizar. Parceira do Sítio Flora Bioativas, a nutricionista trabalha com o conceito do consumo inteligente e responsável que reflita na saúde e qualidade de vida.

Incentivo na pandemia

Para incentivar a cadeia produtiva, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento lançou, na segunda-feira (8), a 16ª Campanha Anual de Promoção do Produto Orgânico, realizada desde 2005. O tema da campanha deste ano é “Tem alimento saudável perto de você. Alimento Orgânico – melhor para a vida” e tem como foco estimular a construção e a divulgação de redes de produtores orgânicos para comercialização durante a pandemia do novo Coronavírus.

Estas campanhas também buscam esclarecer os consumidores sobre como é feito o controle de qualidade dos orgânicos e como identificar esses produtos. Para serem comercializados, os orgânicos devem ser certificados pelo ministério. São dispensados da certificação os produzidos por agricultores familiares que fazem parte de organizações de controle social cadastradas no ministério, que comercializam exclusivamente em venda direta aos consumidores. A agricultura orgânica baseia sua produção na agroecologia, que possibilita a produção de forma ambientalmente sustentável e oferece alimentos saudáveis isentos de contaminantes. Isso porque não utiliza práticas e insumos que possam colocar em risco o meio ambiente e a saúde do produtor, do trabalhador ou do consumidor.

Serviço

  • Evento: Feira de produtos orgânicos do Sítio Flora Bioativas
  • Local: Espaço Flor de Oliva
  • Endereço: Rua 1926, 131
  • Data: 11/06/2020
  • Horário: Das 12h às 18 horas
  • Importante: Traga sua máscara e sua ecobag 
Retomada do turismo: equipamentos reabriram neste feriado

Retomada do turismo: equipamentos reabrem neste feriado

Pore Renata Rutes

Não há expectativa de movimento forte neste final de semana prolongado que inicia nesta quinta-feira (11), com o feriado de Corpus Christi, que culminou com a reabertura da maioria dos equipamentos turísticos da cidade, com exceção do Cristo Luz, que só abre em julho. Todos estão fechados desde meados de março, quando se instalou a pandemia e esta semana foram autorizados a reabrir com restrições e seguindo as normas de saúde. A expectativa é que a cidade tenha um movimento, mas ele será pequeno. Duas barreiras de abordagem aos turistas vão acontecer: uma na rodoviária e a outra nas proximidades do Posto de Informações Turísticas (PIT), que fica na Avenida do Estado, com aferição de temperatura e dos sintomas. Se houver algum caso suspeito de Coronavírus, a pessoa é encaminhada ao Centro de Acolhimento e Tratamento da Covid-19, que fica anexo ao Hospital Municipal Ruth Cardoso.

“Estamos trabalhando para a retomada da economia”

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Valdir Walendowsky, explica que é ‘muito difícil’ prever o movimento da cidade, mesmo com o feriado e com a reabertura dos equipamentos turísticos, citando que a retomada deve ser ‘lenta’, já que ‘as pessoas ainda estão com medo de viajar’. 

“Quantas pessoas ou quando elas virão só o tempo vai dizer. Sabemos que elas têm vontade de viajar, ainda mais estando tanto tempo em casa. O público precisa ter ciência que nossos equipamentos estão seguindo os protocolos de saúde, assim como os meios de hospedagem. Esse tende a ser o início da retomada do turismo. Estamos ampliando os protocolos de saúde, Balneário Camboriú está fazendo a sua parte. A economia precisa recomeçar, temos que voltar a ganhar. Estamos trabalhando para a retomada da economia, pela geração de empregos, se isso não acontecer tudo vai virar um caos”, diz.

Walendowsky cita que as pessoas estão procurando por cidades que transmitirão segurança em saúde, e que o governo municipal de Balneário está se preocupando com isso. 

“O prefeito Fabrício Oliveira está trabalhando diretamente com o staff da Saúde, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal. O foco está sendo em garantir a saúde para atender quem vem de fora e também quem está aqui, como os moradores e também colaboradores do setor turístico. Aliás, o turismo está se mostrando ainda mais essencial, os empresários e a comunidade estão percebendo e valorizando-o ainda mais”, acrescenta.

O secretário lembra que a ausência dos ônibus interestaduais (que retornam em 2 de agosto, segundo o último decreto estadual) e a diminuição das linhas aéreas também dificultam a retomada do turismo que, na opinião dele, tenderá a ser mais rodoviário, com o público viajando principalmente em seus automóveis. 

“Estou em contato todos os dias com o trade, local e regional, porque o trabalho precisa ser conjunto, já que há o aeroporto que fica em Navegantes, o Beto Carrero em Penha, etc. Avaliamos que as pessoas ainda estão com medo de irem para outras cidades, por isso há poucas reservas nos hotéis, por exemplo; mas é normal esse processo ser lento, temos consciência que é tudo dentro da normalidade”, afirma.


Parque Unipraias 

Evódio João de Souza, diretor do Parque Unipraias

“Vamos oferecer segurança aos nossos visitantes. Sabemos que o turismo irá mudar por conta do que estamos passando e por isso é tão importante nos adaptarmos e utilizarmos todas as ferramentas possíveis. Seguimos rigorosamente todos os protocolos estabelecidos e os visitantes certamente irão aprovar cada uma das mudanças nos momentos que estiverem aqui se divertindo”.

Como vai funcionar o Parque

A direção do Parque Unipraias adequou todas suas atividades às necessidades de reforçar a atenção com a higiene, visando garantir a segurança de visitantes e funcionários. Fechado desde meados de março, o Unipraias já recebeu autorização das autoridades para voltar a funcionar e realizou treinamento aos colaboradores com orientações sobre o vírus e a importância de adotar os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde e OMS. 

“Embora grande parte dos ambientes do Unipraias seja em área aberta, nossa fiscalização será constante no sentido de que todos os visitantes cumpram o distanciamento, evitem aglomerações e utilizem máscaras”, explica o Gerente Geral Alfredo Kuhn.

Nas duas entradas do Parque, localizadas na Estação Barra Sul e Estação Laranjeiras, será verificada a temperatura de todos os visitantes, antes do embarque nos bondinhos. Dispersores com álcool 70% para limpeza das mãos estarão disponíveis em todas as estações, próximo a espaços interativos e em áreas de circulação.  O uso de máscara será obrigatório, tanto para visitantes, quanto para colaboradores e lojistas. As filas da bilheteria de todas as atrações dispõem de barreiras físicas para garantir o distanciamento social. Dentro das cabines dos bondinhos e demais atrações, as famílias e os grupos de amigos serão mantidos sempre juntos, sem se misturarem com outros visitantes. Todos os equipamentos das atrações serão higienizados antes e após cada utilização, bem como higienização das mãos de todos com álcool 70%.

Promoções

Há valores promocionais disponíveis pela Loja Virtual ( www.unipraias.com.br ) até 30 de junho. A validade para utilização dos ingressos é até dia 30 de novembro de 2020. Alguns combos disponíveis são: Bondinho do Parque Unipraias + Barco Pirata de R$ 95 por R$ 50; Bondinho do Parque Unipraias de R$ 46 por R$ 25; Barco Pirata de R$ 49 por R4 25. Todos os produtos podem ser parcelados em até 5x sem juros. Não estão inclusas na promoção as atrações Youhooo!, Ziprider e Fantástica Floresta. Cada cadastro dá direito a três acompanhantes com mesmo desconto. 


Oceanic Aquarium

 

Cristiano Buerger Filho, sócio-diretor do Oceanic Aquarium, o aquário de Balneário Camboriú, que havia sido inaugurado oficialmente no dia 13 de março, fechando pela pandemia poucos dias depois 

“Não fizemos nenhuma demissão por conta da quarentena, continuamos com a nossa equipe de 70 pessoas, que atuam diretamente conosco, apenas suspendemos temporariamente a equipe comercial. Fechamos dia 17 de março; a equipe técnica continuou a trabalhar com os animais, não parou nada. Durante esse período fechados focamos bastante nas mídias digitais como Facebook, Instagram, nosso site e também no YouTube, criando conteúdos educativos com os animais, com o objetivo de levar diversão para as crianças que estão em casa. O público interagia bastante, tivemos muitas visualizações e interações, e vamos seguir com isso mesmo com a reabertura. Estamos acompanhando tudo a nível mundial, junto da Fundação Mundial de Aquários, Associação dos Parques Temáticos, e estamos seguindo todos os protocolos deles, além das recomendações básicas, como limitação de público (até 50%), espaçamento das filas, monitoramento da saúde dos colaboradores, álcool em gel, uso obrigatório de máscara, aferição de temperatura. Fomos além e também instalamos novos renovadores de ar, adquirimos tapetes químicos para sanitização dos calçados nas entradas do aquário, contamos com uma assistência médica que fará visitas semanais para apoiar nossos colaboradores, além de uma empresa sanitização que atuará diariamente conosco. Adquirimos também uma câmara com névoa ozonizada, que fica na entrada do Oceanic, todos os visitantes terão que passar por ela, ficando 10 segundos cada pessoa. Há um laudo que ela mata o Covid-19 com seis segundos de contato, que acaba sendo mais uma diminuição de risco para nós. Estamos muito felizes em finalmente voltar, ficamos 75 dias abertos (desde o final de dezembro/2019 até 16 de março) e 80 fechados. Sabemos que será algo gradual, mas vemos que as pessoas precisam ter lazer, ainda mais o aquário que é algo educativo e que é uma visita contemplativa, sem contato físico. As áreas que poderiam ter algum risco, o playground infantil e o tanque de toque, estão temporariamente fechados. Falei em uma reunião com o governador Moisés que não adianta proibir todo o lazer, isso quebra os comércios, todo mundo depende disso. O inverno chegou, praia não tem mais, eventos e baladas também não, se não tiver alguns poucos atrativos não tem sentido as pessoas virem para Balneário. Estive há alguns dias em Gramado e encontrei muitos catarinenses lá, Foz do Iguaçu também está reabrindo, vamos acabar perdendo público”.

Ingressos

  • Os ingressos para o Oceanic Aquarium estão custando R$ 40 (adulto) e R$ 20 (meia-entrada para idosos, crianças e estudantes). Portadores de deficiência, aniversariantes, policiais e crianças até quatro anos não pagam.

Complexo Ambiental Cyro Gevaerd
(o Zoo da Santur)
 

Márcia Regina Gonçalves Achutti, bióloga do Complexo Ambiental

“Vamos reabrir quinta-feira (11) e estamos muito animados. Conseguimos continuar com a nossa equipe, que é de 20 pessoas, reduzindo apenas os salários, com o apoio dado pelo Governo Federal (50% da empresa + 50% do valor pelo governo). Trabalhamos normalmente durante todo esse período, cuidando da manutenção de nossos animais, com alimento, água, limpeza dos recintos; também seguimos com o nosso programa de reabilitação dos animais, em parceria com a Guarda Municipal Ambiental. Sentimos muito a falta do público, além de que a bilheteria é a nossa principal renda, mas conseguimos superar. Muitas pessoas estão ligando, solicitando também através de nossas redes sociais, perguntando quando será a reabertura. Nosso principal público são as famílias, e torcemos para que elas venham nos visitar. Sabemos que as pessoas estão cansadas de ficar em casa, e o zoo é uma área aberta (o berçário e o museu, que são locais fechados, não poderão ser acessados pelo público), e tomamos todas as medidas de prevenção, como o distanciamento, álcool gel em todas as unidades (aquário, terrário, na entrada), o uso de máscara é obrigatório, também faremos a aferição da temperatura do público, e colocamos várias placas informativas. Esperamos um bom movimento no feriado, mas sabemos que a volta será gradual”.

Ingressos

  • Os ingressos para o Complexo Ambiental Cyro Gevaerd estão custando R$ 20 (adulto) e R$ 10 (crianças de seis a 12 anos, idosos e estudantes). Crianças de até cinco anos, acompanhadas dos pais, não pagam. 

Parque Ecológico 

Parque Municipal Raimundo Malta liberado para visitação, mas com restrições

A partir desta quinta-feira (11), estará permitida a visitação ao Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta, o Parque Ecológico de Balneário Camboriú. O Parque, que havia fechado em março em razão da pandemia de Coronavírus, já estava funcionando desde final de abril, mas somente para prática de atividades físicas, como yoga, alongamento e caminhadas nas trilhas (atividades que não danificam a vegetação). Agora, a visitação está liberada, mas o público só pode permanecer no local por, no máximo, uma hora – a regra é válida para parques e citada no decreto estadual. 

O coordenador do Parque, Marcio Lucas Canalle, explica que vão enfatizar ainda mais os cuidados de prevenção ao Covid-19, evitando a entrada de pessoas que integram os grupos de risco e reforçando as necessidades dos cuidados, como uso de máscaras. 

“Oferecemos álcool em gel na entrada e vamos reforçar a permanência de, no máximo, uma hora. Quanto à circulação, o Parque é um espaço amplo, e as pessoas podem circular livremente”, diz.

  • É recomendável que o visitante observe as condições climáticas, pois o local não abre em dias chuvosos. A entrada é gratuita e aberta ao público, mas não é permitida a entrada animais domésticos. O Parque fica no Bairro dos Municipios e funciona diariamente das 13h às 17h.

Cristo Luz

Mário Pretto, diretor do Complexo Turístico Cristo Luz

“O governo ficou um pouco perdido, nos passaram que poderíamos reabrir em maio e isso acabou sendo postergado, por isso decidimos reabrir somente em 1º de julho. Estamos nos preparando para isso. Dependemos muitos dos turistas que vêm de avião e com roteiros programados que incluem o Cristo, que vêm normalmente de cidades de estados de São Paulo, Paraná, além de países como Uruguai, Argentina, Paraguai, e que não estão viajando. O esquema de grupos é um produto forte e o principal para a manutenção do nosso complexo. Pagamos as férias da nossa equipe e por isso não vamos reabrir agora, e abrir sem movimento também gera muita despesa. Tivemos algumas demissões pós Semana Santa, o que é normal (mais de 50% cai de abril a outubro), mas conseguimos segurar a nossa equipe com a quarentena. Porém, se soubéssemos que iria durar 90 dias teríamos conseguido nos preparar mais. Seguimos em contato com o trade turístico da cidade, mas há muita dúvida sobre tudo, começa na OMS e termina no Estado as contradições. Vejo que há muito lado político e não consideraram a importância do problema, que é no Brasil todo; não é fofoca de setor, há um número grande de falências de pequenas empresas, que são a maioria em Balneário Camboriú e ligadas ao turismo, e seremos os últimos da fila a voltar a crescer. É uma incoerência e está causando um grande desequilíbrio”.


Confira o que abre e o que estará fechado no feriado

Saúde

Durante o feriado, os atendimentos serão realizados apenas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h das Nações (R. Israel, 205), Pronto Atendimento do Bairro da Barra Rua Jardim da Saudade, 1500 – Barra), Pronto Socorro do Hospital Municipal Ruth Cardoso (Rua Angelina, s/nº – Bairro dos Municípios) e no SAMU pelo 192. A Secretaria de Saúde irá trabalhar 24 horas no Comitê de Crise Covid-19, assim como a Vigilância Epidemiológica atenderá os canais de serviço para as pessoas que possuem sintomas gripais leves. O atendimento pode ser realizado pelos telefones (47) 3267-7134, (47) 3267-7133 e (47) 99243-4894. O Centro de Acolhimento e Tratamento do Coronavírus também funcionará normalmente para atender aqueles que possuem toda e qualquer síndrome respiratória, falta de ar, cansaço e febre, além de pessoas que apresentarem qualquer sintoma leve, tais como irritação na garganta, coriza, tosse, dor de cabeça, indisposição física, não sendo necessário apresentar todos os sintomas. O centro está montado na estrutura do Pronto Atendimento do Bairro dos Municípios, ao lado do Hospital Ruth Cardoso.

Prefeitura

Os atendimentos no Paço Municipal podem ser feitos no portal da Prefeitura na plataforma on-line 1Doc, que tem sido uma das principais formas de atendimento. Este é um sistema oficial de protocolos da Prefeitura e estará em funcionamento normal durante este feriado em que não haverá atendimento presencial.

EMASA

O Balcão de Atendimento não terá expediente nesta quinta-feira (11), feriado nacional de Corpus Christi. O plantão 24h para serviços emergenciais segue pelos Canais de Atendimento: SAC – 0800-643 6272 ou no Fala Emasa (whatsapp) – (47) 3261-0000. Já na sexta-feira e sábado (12 e 13), o atendimento presencial funciona em horário normal, das 8h às 18h e 9h às 12h, respectivamente, com todas as medidas de segurança já implementadas devido a pandemia do Coronavírus.

Secretaria de Obras

As equipes ficarão em sistema de sobreaviso apenas para pequenos reparos emergenciais pelo WhatsApp no número de plantão (47) 9982-2139.

Segurança

A Guarda Municipal e os Agentes de Trânsito seguem trabalhando normalmente, atendendo ocorrências pelo 153, assim como a Polícia Militar através do 190, Bombeiros 193 e Defesa Civil 199.

Resgate Social

O Resgate Social, serviço da Secretaria de Inclusão Social responsável por abordar e auxiliar pessoas em situação de rua também segue trabalhando normalmente 24h todos os dias, incluindo domingos e feriados. Mais informações pelo telefone 156.

Agências bancárias

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que na quinta-feira não haverá atendimento bancário em todos os municípios brasileiros. Com as agências bancárias fechadas, estarão prorrogados para o primeiro dia útil subsequente, no caso, sexta-feira, todos os vencimentos de contas, incluindo os boletos e contas de concessionárias, agendamento de pagamentos e envios de transferências.

Lotéricas:

A abertura fica a critério de cada proprietário, mas a maioria deve permanecer fechada na quinta-feira.

Correios:

As agências de Balneário Camboriú (tanto a da Avenida Brasil quanto a da Rua 600) não abrem na quinta, com funcionamento normal na sexta-feira (12).

Comércio

O comércio de Balneário Camboriú funciona normalmente, incluindo os shoppings. O Atlântico Shopping recebe ao público diariamente: das 12h às 20h (lojas) e das 12h às 21h praça de alimentação; já as lojas do Balneário Shopping estarão com funcionamento das 14h às 20h e os restaurantes e praça de alimentação das 12h às 22h.


 

Feira de produtos orgânicos em Balneário Camboriú

Feira de produtos orgânicos em Balneário Camboriú

O Sítio Flora Bioativas, de Porto Belo que cultiva produtos orgânicos sem adição de defensivos químicos, realiza feira em espaço no centro de Balneário Camboriú nessa quinta-feira (11). Além de alface, couve, brócolis e muitos outros produtos, o Sítio Flora Bioativas ainda cultiva de forma orgânica plantas alimentícias não convencionais como ora-pro-nóbis e açafrão da terra, as plantas para uma alimentação biodinâmica.

O público encontrará na feira do sítio, in natura, em farinha ou cápsula, o açafrão da terra, conhecido também como cúrcuma. É muito utilizado na culinária, mas também é estudado como rico em propriedades medicinais que auxiliam nas atividades anti-inflamatória, ação antioxidante, redução do nível de glicose, redução de fatores de risco associados a doenças cardiovasculares, tratamento de Alzheimer e prevenção ao câncer.

A engenheira agrônoma Dalva Schuch que trabalha no ensino do cultivo de orgânicos, o consumo desses alimentos traz benefícios à imunidade e à saúde porque são cultivados livres de venenos. O incentivo ao consumo de orgânicos vem de iniciativas como a da proprietária do espaço Flor de Oliva, Karin Schaefer, onde a feira vai se realizar. Parceira do Sítio Flora Bioativas, a nutricionista trabalha com o conceito do consumo inteligente e responsável que reflita na saúde e qualidade de vida.

Incentivo na pandemia

Para incentivar a cadeia produtiva, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento lançou, na segunda-feira (8), a 16ª Campanha Anual de Promoção do Produto Orgânico, realizada desde 2005. O tema da campanha deste ano é “Tem alimento saudável perto de você. Alimento Orgânico – melhor para a vida” e tem como foco estimular a construção e a divulgação de redes de produtores orgânicos para comercialização durante a pandemia do novo Coronavírus.

Estas campanhas também buscam esclarecer os consumidores sobre como é feito o controle de qualidade dos orgânicos e como identificar esses produtos. Para serem comercializados, os orgânicos devem ser certificados pelo ministério. São dispensados da certificação os produzidos por agricultores familiares que fazem parte de organizações de controle social cadastradas no ministério, que comercializam exclusivamente em venda direta aos consumidores. A agricultura orgânica baseia sua produção na agroecologia, que possibilita a produção de forma ambientalmente sustentável e oferece alimentos saudáveis isentos de contaminantes. Isso porque não utiliza práticas e insumos que possam colocar em risco o meio ambiente e a saúde do produtor, do trabalhador ou do consumidor.

Serviço

  • Evento: Feira de produtos orgânicos do Sítio Flora Bioativas
  • Local: Espaço Flor de Oliva
  • Endereço: Rua 1926, 131
  • Data: 11/06/2020
  • Horário: Das 12h às 18 horas
  • Importante: Traga sua máscara e sua ecobag
Biomares: projeto musical de Balneário Camboriú destaca a importância da conscientização ambiental

Biomares: projeto musical de Balneário Camboriú destaca a importância da conscientização ambiental

Arantxa e sua composição

A jovem violinista Arantxa Vargas Fischer, moradora de Balneário Camboriú, cursa Medicina Veterinária na Unisociesc, onde está participando de um projeto de conscientização ambiental, o Biomares, que tem o objetivo de alertar sobre os malefícios da poluição do mar, causado pelo descarte incorreto do lixo. Para lembrar o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado na sexta-feira (5), ela compôs a música ‘Vamos Ajudar o Fundo do Mar’, que contou com a participação de crianças de Balneário, Itajaí e Jaraguá do Sul.

A música fala sobre um mergulho no fundo do mar, que é a casa de muitos animais, como peixes, peixe-boi e tartarugas, mas demonstra a preocupação com o lixo que é jogado nos oceanos, como o plástico, lembrando da importância de reciclar e preservar.

Como a canção é focada no público infantil, quem a interpretou foi Miguel Pagnossim Scholze, aluno da Musiclin Escola de Música, onde a mãe de Arantxa, Adriane Fischer, é professora de violino. As outras crianças que participam do vídeo (através dos desenhos que ilustram a canção) têm entre seis e 10 anos e moram em Balneário, Itajaí e Jaraguá do Sul, são eles: Kaike Fayad, Luíza Balbinot, Miguel Picker, Isabela Almeida e Samuel Machado.

A coordenação do Biomares é de Moisés dos Santos, e Arantxa contou com o apoio artístico de Mariana Fayad, além do auxílio de Denise Cristina Luciani Fernandes, que contribuiu na gravação do áudio e preparação vocal do intérprete, Miguel.

Confira o vídeo:


Acompanhe o projeto Biomares: clique aqui 

Vídeo Juntos pela Costa Verde e Mar de apoio ao turismo ganha as redes sociais

Vídeo Juntos pela Costa Verde e Mar de apoio ao turismo ganha as redes sociais

Praia Central Balneário Camboriú

Para levar uma palavra de apoio a viajantes e integrantes do trade neste período fora do esperado com a pandemia mundial do coronavírus, o vídeo “Juntos pela Costa Verde & Mar” foi lançado e passa a circular nas redes sociais da entidade e das prefeituras que fazem parte do consórcio. No audiovisual, a região turística formada por 10 cidades do Litoral Norte e interior catarinense, reforça que este é o momento de distanciamento, de aguardar, mas também de união e empatia, mesmo que seja à distância.

“Queremos mostrar que seguimos firmes, que adotamos os protocolos e iremos garantir a segurança de todos para quando a situação de emergência for superada. Por enquanto, acreditamos que é necessário nos apoiarmos distantes e cada um precisa fazer a sua parte para que logo todos possam vir viver dias incríveis na Costa Verde & Mar”, afirma a presidente do Colegiado de Secretários de Turismo da Amfri, Susan Correa.

Com produção da Oficina das Palavras Inteligência em Comunicação, o vídeo “Juntos pela Costa Verde & Mar” reúne um pouco de tudo que a região turística oferece e conta com a participação de profissionais representantes de cada um dos municípios. “A Costa Verde & Mar é o grande exemplo de tudo que mais se necessita neste momento: união mesmo que à distância. Por essência, a região é formada pela soma entre as características de cada uma destas cidades que juntas conseguem dar vida e sustentabilidade à região turística. Por isso, são o melhor case para levar essa palavra de força ao turismo local”, acrescenta o co-Ceo da Oficina das Palavras, Ricardo Ruas.

Cidades da Costa Verde & Mar: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha e Porto Belo.

Para assistir ao vídeo “Juntos pela Costa Verde & Mar” basta acessar os canais de comunicação da região turística:

Facebook: facebook.com/CostaVerdeeMar.

Instagram: instagram.com/costaverdemar.

1ª edição da Mostra Gastronômica Balneário Camboriú terá 24 restaurantes participantes em julho

1ª edição da Mostra Gastronômica Balneário Camboriú terá 24 restaurantes participantes em julho

 A mostra que também terá a opção por delivery

A organização da 1ª edição da Mostra Balneário Camboriú Convida à Mesa, que será realizada entre 8 e 31 de julho, terá participação de 24 estabelecimentos. A mostra que também terá a opção por delivery, visa incentivar a volta do consumo como uma experiência gastronômica acolhedora, prazerosa e segura. Os pratos, que buscam destacar as peculiaridades da região, terão o valor de R$39,90 para uma pessoa ou R$69,90 para duas pessoas.

A presidente do BC Convention, Margot Rosenbrock Libório, ficou contente com o número de restaurantes inscritos.

“A quantidade de adesões ao BC Convida à Mesa é a nossa primeira vitória. Apesar do momento delicado, os empresários se mostram motivados a inovar, a aceitar desafios e a buscar adaptação ao novo normal. A nova realidade nos impele à ação, mas sem o apoio dos empresários nada acontece. Estar em sintonia é fundamental para nos reerguermos”, destaca.

Visando promover a gastronomia regional e dos restaurantes no mês de julho, impulsionando a retomada econômica do setor, a mostra terá como uma das bandeiras o compromisso de seguir todas as normas sanitárias e de higiene, desde o preparo dos pratos até a entrega dos pedidos.

O BC Convida à Mesa é uma realização do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau e conta com a parceria da Eisenbhan, Printbag, Masterfarma, Nutricionista Michelli Wilhelms, Copa Inox, Termonos e Barbieri Litoral

Os participantes

  • Blackpot Restaurant
  • Buddies Boteco Premium
  • Buddies Smokehouse BBQ
  • Campano Carne e Fogo
  • Cedrus Restaurante Àrabe
  • Champagne Restaurante e Bar
  • Chaplin Restaurante
  • Farm Fresh Foods
  • General Pepper Hamburguer & Cia
  • Hugani Restaurante
  • Indaiá Restaurante
  • Kombina Felice – Brava Mall
  • La Belle Beach Club
  • Mity Sushi
  • Paparella Pizzaria
  • Pecorino Bar & Trattoria
  • Pizzaria Gamer´s
  • Restaurante Drummond
  • Restaurante e Petiscaria Siri na Lata
  • Soho Restô Bar
  • Soleil Pizza
  • Thai Garden Asian
  • Villa Córdova
  • Yujin Temakeria

Fonte – Na Mídia Assessoria 
Se Bolsonaro sancionar, Balneário ganhará R$ 928 mil para artistas através da Lei Aldir Blanc

Se Bolsonaro sancionar, Balneário ganhará R$ 928 mil para artistas através da Lei Aldir Blanc

A Lei Aldir Blanc, como está sendo chamada a Lei de Emergência Cultural (PL 1075/2020), foi aprovada na quinta-feira (4) pelo Senado (a Câmara dos Deputados a aprovou em 26 de maio) e espera agora pela sanção presidencial. Se sancionada, a lei prevê pagamento de auxílio financeiro mensal para os trabalhadores da área da cultura. Balneário Camboriú receberá R$ 928 mil, que serão distribuídos pela prefeitura aos artistas, que foram diretamente prejudicados com a pandemia do Coronavírus. Esta lei procura beneficiar a classe, além de contemplar ainda espaços de arte e micro e pequenas empresas que realizam serviços culturais, como escolas de teatro e de dança.

Intitulada Lei Aldir Blanc, em homenagem ao compositor que morreu em abril por conta do Coronavírus, a Lei de Emergência Cultural prevê uma ajuda de R$ 3 bilhões aos municípios, estados e Distrito Federal – valor este que já seria destinado para a cultura. Os municípios terão que aplicar diretamente o repasse aos trabalhadores do setor cultural, apoiando-os com a manutenção de equipamentos e chamadas públicas, realização de cursos, produções audiovisuais, prêmios e manifestações culturais. Os valores deverão ser repassados pelo governo federal em até 15 dias após a aprovação da lei.

Fundação Cultural se prepara

A presidente da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, Denize Leite, explica que estão acompanhando o andamento da Lei, e salienta que espera que o presidente Jair Bolsonaro a sancione logo, para que os artistas tenham uma resposta positiva ‘o quanto antes’.

“Se sancionada, Balneário irá receber R$ 928 mil. Vários movimentos estão acontecendo no Brasil todo, e nós também estamos apoiando. A Fundação irá participar de um curso online que inicia nesta segunda-feira (8), onde vamos analisar os requisitos. Nós já temos pontos favoráveis, como o CNPJ da Fundação estar ok, o Conselho Municipal de Política Cultural também, assim como já estarmos cadastrados no mapa cultural de Santa Catarina. Agora vamos aguardar para ver quais serão os próximos passos”, diz.

Denize opina que provavelmente será feito um estudo e que deverão discutir a nível regional como o valor será aplicado. “Esse recurso é valioso e é fruto de uma luta muito grande a favor dele, por isso a construção precisa ser coletiva e seguindo ritos. Esperamos que não seja difícil e que ele chegue com rapidez para os artistas, não pode ter muito empecilho”, afirma.

A presidente lembra ainda que o valor é quase o montante da Lei de Incentivo à Cultura (LIC) da cidade, e que será muito significativo junto dos outros programas que estão sendo desenvolvidos por Balneário focados nos artistas.

“Vamos ver a melhor forma de dividir esse valor, para saber quem pode ser contemplado, quais requisitos deve cumprir. Será algo bem estudado, a discussão é fundamental para chegarmos em um consenso. Será um processo bastante transparente e claro”, acrescenta.

Segundo Denize, a Fundação já está tendo um diálogo bastante efetivo com o Conselho Municipal de Política Cultural, e que a partir da aprovação será feita uma reunião. “Faremos grupos de trabalho, para que tudo aconteça da melhor forma, contemplando todos os segmentos da cultura, de forma democrática e para atender a todos”, completa.

Saiba mais

A Lei 1075/2020 e apensadas (Lei nºs 1.089/2020, 1.251/2020, 1.365/2020, 2.571/2020,) é muito clara e detalhada e não precisará de muita regulamentação, como ela está basta ter o crédito e descentralizar. Os estados e municípios é que terão que elaborar os seus critérios de repasses dos recursos. Nacionalmente não há o que regulamentar, só é necessária a publicação da Medida Provisória do crédito e fazer o repasse aos Fundos Estaduais, que farão aos municipais de acordo com a tabela de distribuição, prevista na Lei (20% para a área de fomento e 80% para auxílio às pessoas físicas e jurídicas da cultura).

No caso de pessoa física, a gestão local é que vai determinar a instituição financeira que irá fazer o repasse, não sendo obrigatório o banco federal. A fiscalização se dará pelo Tribunal de Contas local e os Conselhos instituídos onde eles existirem. Onde não há Fundo de Cultura, a lei prevê o órgão gestor legal de recursos da cultura que terá que tratar. Os municípios receberão os recursos e terão um prazo de 60 dias para aplicarem. Em caso de não haver condições de atender aos critérios, o dinheiro retorna para o Estado que irá definir a destinação do estorno do recurso. Conforme previsão legal, o recurso não retornaria ao Governo Federal e permanece no Estado para readequação aos fins que se propõe a Lei. 

Sechobar e advogada alertam para ‘pegadinha’ do Saque Aniversário x FGTS

Sechobar e advogada alertam para ‘pegadinha’ do Saque Aniversário x FGTS

 

O governo federal liberou R$ 500 no ano passado para os trabalhadores que possuíam FGTS depositado e além desse ‘auxílio’ havia ainda o ‘Saque Aniversário’ (mais R$ 500 no dia do aniversário do trabalhador) e aqueles que utilizaram esse ‘benefício’ acabaram em uma armadilha, porque agora quem precisar sacar o FGTS está impedido por 25 meses.

A direção do Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro, Bares, Restaurantes e Similares de Balneário Camboriú e Região (Sechobar) e a advogada Rosana Amalia Appelt estão alertando a categoria sobre o assunto.

“Acharam que a opção era um bom negócio”

A advogada Rosana Amalia Appelt relembra que o governo federal publicou em julho/2019 a Medida Provisória nº 889, que em dezembro foi convertida na Lei Federal nº 3.932, e que por essa lei foi criada a possibilidade de saque de FGTS a modalidade que ficou conhecida como o ‘Saque Aniversário’, que permite que o trabalhador retire anualmente em seu aniversário uma parte do valor do FGTS que está depositado na conta vinculada junto à Caixa.

“O percentual varia conforme o saldo de valores que estão depositados na Caixa. Para isso, o trabalhador tem que fazer a opção por essa modalidade de saque de FGTS, que pode ser feito por aplicativo, site ou nas próprias agências bancárias. Mas na época que esse programa foi noticiado, certas regras não ficaram bem claras, o que levou muitos trabalhadores, que estavam ansiosos para terem o valor em mãos, achando que essa opção era um bom negócio”, salienta.

Surpresa ruim

A advogada explica que agora, com a crise por conta da pandemia do Coronavírus, e com as rescisões de contratos que estão sendo feitas, vários trabalhadores estão sendo pegos de surpresa ao tentar sacar os valores de FGTS, justamente porque optaram em 2019 pelo Saque Aniversário.

“Uma das regras que passaram batido, de forma mais velada pela imprensa oficial, é que quem opta pela modalidade Saque Aniversário perde o direito de sacar o saldo da conta de FGTS caso seja dispensado, sem justa causa; sendo que só vai conseguir mesmo sacar a indenização compensatória de 40%. Assim, se for demitido, saca no mês de aniversário o Saque Aniversário e a multa de 40%, apenas isso”, comenta.

Segundo a advogada, se o trabalhador quiser sacar o valor restante da conta terá que solicitar para a Caixa Econômica para voltar para o Saque Rescisão, saindo do Saque Aniversário, mas só conseguirá sacar esse valor depois de dois anos.

“Essa é a pegadinha, esse foi o grande problema e que está causando esse burburinho entre os trabalhadores, e com razão”, acrescenta.

“Falaram que era fake news, e hoje está acontecendo”

A presidente do Sechobar, Olga Ferreira, explica que em 26 de julho de 2019 a entidade se pronunciou sobre a ‘pegadinha’, além de ter feito várias reuniões com trabalhadores para tratar do assunto.

“E o que está acontecendo agora? O trabalhador que fez isso em 2019, está sendo demitido e não tem direito ao saque do FGTS, porque foi receber na data do aniversário e ali tinha uma pegadinha que ele ficava com o FGTS bloqueado por 25 meses. Quando publicamos isso, foi dado como fake news. Conseguiram entrar na nossa página, não sei se foram robôs, e conseguiram colocar como fake news essa notícia e hoje ela está acontecendo”, diz. 

Previsão para a navegação e pesca para 5 dias – Laguna a Paranaguá

Previsão para a navegação e pesca para 5 dias – Laguna a Paranaguá

Manhã de terça-feira um sistema de alta pressão e sol entre nuvens na área de pesca. A partir da tarde de terça-feira e na quarta-feira uma frente tria e um sistema de baixa pressão no litoral de SC céu encoberto com chuva, e risco de temporais, em toda a área de pesca.

Previsão para 09/06/2020:

Terça-feira, vento de NW a S, força 2 e rajadas de 30 km/h. Ondas de NE a E de 0.5 a 1.0 m e picos de 1.5 m. sol, cm mais nuvens e céu encoberto com chuva, e risco de temporais, a partir da tarde, na área de pesca.

Previsão para 10/06/2020:

Quarta-feira, vento de SW a NW, força 2 a 3 e rajadas de 30 km/h. Ondas de E de 0.5 a 1.0 m e picos de 1.5 m. Céu encoberto com chuva, e risco de temporais, na área de pesca.

Previsão para 11/06/2020:

Quinta-feira, vento de SW a NE, força 2 a 3 e rajadas de 30 a 40 km/h. Ondas de E de 0.5 a 1.0 m e picos de 1.5 m. Encoberto com chuva na área de pesca, melhorando com aberturas de sol no decorrer do dia em áreas próximas da costa.

Previsão para 12/06/2020:

Sexta-feira, vento de NE a N, força 3 a 4 e rajadas de 50 a 60 km/h. Ondas de E a NE de 1.0 a 1.5 m e picos de 2.0 a 2.5 m. Sol com algumas nuvens na área de pesca.

Previsão para 13/06/2020:

Sábado, vento de NW a S, força 3 a 4 e rajadas de 50 a 60 km/h. Ondas de E a S de 1.0 a 1.5 m e picos de 2.0 a 3.0 m. mais nuvens e chuva fraca e ocasional, principalmente à tarde, devido à passagem de uma frente fria pela área de pesca.

Marilene de Lima – Meteorologista (Epagri/Ciram)

Assista a “Previsão do tempo para quarta-feira (19)”

Previsão do tempo para terça-feira (09)

Confira a previsão do tempo elaborada pela equipe de meteorologistas da Defesa Civil de Santa Catarina.

Live da cultura desta quarta-feira será ao som de rock gaúcho

Live da cultura desta quarta-feira será ao som de rock gaúcho

Pampa Rock

O rock gaúcho dos anos 1980, 1990 e 2000 será relembrado pela banda Pampa Rock na live promovida pela Fundação Cultural de Balneário Camboriú desta quarta-feira (10). No palco do Teatro Municipal Bruno Nitz, a Pampa Rock apresentará releitura de clássicos de bandas gaúchas para o público assistir de casa. A transmissão ao vivo será às 20h, pelo Facebook da Prefeitura de Balneário Camboriú (www.facebook.com/prefeituradebc).

No repertório dos músicos que incorporaram o acordeon às canções, estão sucessos de grupos como Engenheiros do Hawaii, Cachorro Grande, Nenhum de Nós, Cidadão Quem, entre outros. Integram a Pampa Rock Tiago Crauss (voz e violão), Marcello Duarte (baixo) e Jeison Souza (acordeon).

Com duração de meia-hora, as lives ocorrem todas as quartas-feiras e fazem parte do projeto Cultura BC Inspira, que tem ações para reduzir os impactos econômicos causados pela pandemia de coronavírus no meio cultural. Participam da ação Cultura BC Live (nome das transmissões ao vivo semanais) artistas credenciados pelo Município no Chamamento Público n°002/2019, os quais são remunerados.

Fundação Cultural de Balneário Camboriú (47) 3366-5325