Centro de Eventos Júlio Tedesco está oficialmente inaugurado, veja os detalhes

Relacionadas

O Centro de Eventos Júlio Tedesco foi oficialmente inaugurado em Balneário Camboriú, nesta terça-feira (17) em evento para convidados e imprensa. 

O início das atividades acontecerá já nesta semana com uma Conferência da igreja Embaixada do Reino de Deus, onde são esperados 3.000 participantes.(saiba mais aqui). 

O novo centro de eventos, um dos mais modernos e amplos do Brasil, tem 33.000 m2 de área construída e diversos ambientes que permitem a realização simultânea de diversas atividades.

A imprensa foi recepcionada às 17h pelo executivo-chefe do consórcio BC Eventos, Djalma Berger, que venceu a licitação promovida pelo Governo do Estado, para administrar o Centro de Eventos por 20 anos, prorrogáveis por mais 20.

Em verdade, o Consórcio BC Eventos foi o único interessado na concessão, devido aos desafios para colocar em funcionamento e tornar bem sucedido um empreendimento dessa envergadura, o maior da Região Sul do País.

Para a imprensa, os organizadores prepararam espaços que simulavam a realização de um casamento, de uma formatura e de um evento corporativo.

Djalma, que é o sócio majoritário do empreendimento, salientou que Balneário Camboriú tem agora, após uma espera de mais de 20 anos, o ‘melhor equipamento para eventos do país’. 

“Vamos receber os melhores congressos, feiras e eventos. Temos uma equipe treinada e capacitada para isso. Será mais um cartão-postal para Balneário e ficará conhecido em nível nacional e internacional”, disse. 

A concessão prevê que órgãos públicos, como a  prefeitura de Balneário Camboriú, poderão usar o Centro de Eventos, com autorização do Governo do Estado, durante 20 dias por ano.

Homenagem a Júlio Tedesco

O empreendedor Julio Tedesco, que foi o maior investidor de turismo em Balneário Camboriú, idealizando atrativos turísticos como o Parque Unipraias, Marina Tedesco, Atracadouro Barra Sul e o futuro Multiparque, foi homenageado pelas cerca de mil pessoas presentes.

Julio faleceu em 2021 vítima de Covid-19, e a Assembléia Legislativa aprovou seu nome para o Centro de Eventos de Balneário Camboriú.

Porém, os sócios do consórcio BC Eventos escolheram o nome comercial ExpocentroBC para este primeiro momento e anteciparam que futuramente podem alterar para algo comercial, vendendo os direitos de denominação (“naming rights”). 

Em tese não podem fazer isso porque dependem de autorização expressa do poder concedente, o Estado, que por sua vez não pode permitir que uma lei estadual seja desrespeitada.

De qualquer forma as filhas de Júlio Tedesco, Patrícia e Juliana, e a esposa, Vani, receberam uma homenagem dos empreendedores, durante a cerimônia de inauguração.

A esposa, as filhas de Júlio Tedesco, com o empreendedor Djalma Berger.

Patrícia aproveitou o momento para agradecer e, bastante emocionada, salientou que o pai lutou por anos para que o Centro de Eventos se tornasse realidade e que, por isso, seu nome foi escolhido para o empreendimento. Patrícia lembrou que Balneário Camboriú inclui ‘muitos Júlios Tedescos’, que fizeram e fazem da cidade o sucesso que é, em nível nacional e internacional.

Conquista histórica

Nomes conhecidos na comunidade estiveram presentes, como o ex-prefeito Leonel Pavan que lutou pela construção do Centro de Eventos desde a década de 90. 

O ex-prefeito Edson Renato Dias, o Piriquito, não estava presente, mas foi citado no discurso do prefeito Fabrício Oliveira, que também mencionou o ex-prefeito e hoje secretário Rubens Spernau.

A ex-presidente Dilma Rousseff, que liberou a maior parte do dinheiro para a obra, foi esquecida.

O prefeito Fabrício disse se tratar de “uma conquista histórica, de uma cidade que está colhendo frutos com muito otimismo, uma cidade reinventada e remodelada”.

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Geninho Góes, não falou durante a cerimônia, mas conversou com o Página 3, e relembrou que acompanha a história do Centro de Eventos desde o início, citando que organizou a extinta Julifest, que acontecia no então pavilhão da Santur. 

“Representa um marco para a cidade, é um desejo, representa evolução, um novo segmento, um novo tipo de turismo para melhorar ainda mais a economia da cidade. Será uma renovação para Balneário e seu turismo, já que o público é bastante qualificado, viaja com a família, e é turismo o ano todo”, disse, lembrando que o empreendimento é ‘um filho com muitos pais’, como os governos federal, estadual e municipal, além da sociedade civil organizada, que desejou e lutou muito pelo Centro de Eventos. 

Geninho é também o organizador e idealizador de uma importante feira de turismo, a BNT Mercosul, que em maio de 2023 acontecerá no Centro de Eventos Júlio Tedesco.

O Centro de Eventos

O local pode receber eventos com até 60 mil pessoas e comporta dezenas de eventos simultâneos, dependendo do porte de cada um. 

O estacionamento tem apenas 875 vagas, mas existe expectativa que sejam abertos estacionamentos privados nos arredores e certamente toda uma “indústria” de transportes privados se criará rapidamente. 

O Centro de Eventos tem projetos sustentáveis de captação de água da chuva e maior aproveitamento de luz solar. É totalmente acessível e pretende se adequar para ser “pet friendly”. 

A praça de alimentação terá 10 lojas que ficarão abertas porque o acesso ao Zoo do Complexo Ambiental Cyro Gevaerd se dará por dentro do Centro de Eventos.

História

A construção do Centro de Eventos iniciou em 2015 e foi concluída em 2021, com um investimento de R$ 142 milhões, sendo R$ 72,2 milhões do Governo Federal, R$ 50,8 milhões do Governo do Estado e R$ 19 milhões da prefeitura de Balneário Camboriú. 

O Consórcio BC Eventos investirá cerca de R$ 20 milhões, incluindo melhoria de acesso pela BR-101.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também