CIEP será demolido, mas prefeitura ainda não tem verba para construção da nova escola

Relacionadas

A vereadora Juliana Pavan esteve reunida com a secretária de educação de Balneário Camboriú, Marilene Cardoso, e com a diretora geral de educação, Elisabete de Almeida, nesta quinta-feira (10), para tratar de várias demandas, entre elas a situação do Centro Integrado de Educação Pública Rodesindo Pavan (CIEP), que será demolido em breve.

CIEP em pauta

Juliana questionou sobre o início da obra do novo CIEP, que até então está sendo chamado pela prefeitura de ‘Escola do Amanhã’, mas a resposta foi de que a prefeitura precisa levantar os R$ 40 milhões para o custeio da obra. 

Porém, no valor do projeto não estão incluídos os gastos com mobiliário e com a contratação de pessoal, situação que preocupa a vereadora.

“Eles ainda não têm esses R$ 40 milhões, estão nessa luta junto ao Governo Federal. Porém, segundo a secretária, até o fim deste mês acontece a demolição do CIEP. Ou seja, estão demolindo a escola sem ter o valor para reconstruí-la”, conta Juliana.

Sem escola integral

A vereadora questionou também se a Educação possui algum estudo para ampliar o ensino integral na cidade, tendo em vista que o CIEP era a única escola pública integral.

“A secretária disse que tem nas escolas particulares, mas e quem não era do CIEP e também quer ensino integral público? Aí ela me disse que tem o Projeto Oficinas, mas ele é extracurricular, não é ensino regular. E aí ela [a secretária] confessou que não tem nada planejado neste momento, só o Oficinas”, acrescenta.

CEM Vereador Santa também

Além disso, Juliana conversou com a secretária sobre a situação do CEM Vereador Santa, o maior da cidade, e que passou por obras ao longo de 2021. 

Porém, mesmo com as reformas, o local estaria com vazamentos, falha na pintura e portas que exigiam reparo, causando uma sensação de necessitar de ‘reforma da reforma’.

“Fui informada de que há outro contrato, pois segundo a secretária houve problema com a empresa da pintura. Mas quem entrar na escola vai ver que parece que não foi reformada. A quadra e o teatro foram, está tudo lindo e maravilhoso, mas há reparos que precisam ser feitos”, comenta. 

Juliana também repassou a situação à Comissão de Educação da Câmara, presidida pelo vereador Kaká Fernandes, mas não teve resposta. “Porém, a secretária Marilene reconheceu que exige reparos”, diz.

E mais

Outros projetos citados por Juliana na reunião foram ainda a quadra do CEM Dona Lili, que foi reformada, mas ainda tem problemas com as telhas, pois chove dentro, e a quadra do CAIC, que ficou com um buraco na cobertura por mais de um ano – esta, já teria sido arrumada há 15 dias.

The post CIEP será demolido, mas prefeitura ainda não tem verba para construção da nova escola first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também