Começou o verão: a estação mais quente do ano tende a ser ‘histórica’ em Balneário Camboriú

Relacionadas

O verão começa oficialmente nesta terça-feira (21) e promete ser mais movimentado em Balneário Camboriú do que os anteriores. A expectativa é de uma temporada de muito calor, com a recém alargada praia central sendo o ‘alvo’ de turistas e moradores.

Verão com forte calor

Segundo o meteorologista Marcelo Martins, da EPAGRI/CIRAM, a previsão é de um verão de muito calor e com chuva dentro da média climatológica (média do tempo ao longo dos anos). 

Porém, do Litoral ao Planalto deve chover mais do que no Oeste e Meio Oeste catarinense. 

“Nessas regiões a chuva é mais frequente e também mais volumosa”, diz. 

Trata-se da conhecida ‘chuva de verão’, caracterizada por ser intensa e em um curto período de tempo, muitas vezes causando alagamentos em Balneário Camboriú. 

Chuvas de verão também devem acontecer

O meteorologista destaca que deve fazer muito calor neste verão e que as temperaturas devem ser predominantemente acima da média – noites muito quentes e inclusive madrugadas e manhãs com altas temperaturas, passando dos 30ºC, com ondas de calor que podem durar até mesmo entre cinco e seis dias. Esse calor extremo, associado à umidade, causam as típicas pancadas de chuva de verão. 

“Que naturalmente ocorrem entre a tarde e a noite e por vezes até se estendem pela próxima madrugada. Muitas das vezes vem com ventania, chuva forte, queda de granizo e raios, que são muito comuns. Esta é a época do ano em que mais acontecem tempestades no sul do país”, completa.

Temporada deve ‘bombar’ a partir de segunda

A hoteleira e presidente do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau, Margot Rosenbrock Libório, disse que desde o último sábado (18) a cidade começou a ficar mais movimentada, mas que o período realmente intenso se dará a partir da próxima segunda-feira (27), até 8 de janeiro, quando é o ‘auge’ do movimento em Balneário Camboriú. 

“É o período de fluxo intenso. Talvez dê até uma esticada porque há férias coletivas que terminam dia 10, outras dia 17, e quem é da Educação segue até fim de janeiro, mas o ‘boom’ mesmo deve ser neste período”, explica.

Segundo Margot, a ocupação hoteleira de Balneário ainda não chegou em 100% e através de buscas online é possível verificar que ainda há algumas vagas pela cidade. 

“O que é positivo porque algumas pessoas deixam para reservar em cima da hora, outros cancelam de última hora. Quem quiser vir para esses dias de maior movimento deve aproveitar agora, porque é o momento de ‘ajuste’”, salienta.

O turismo em Balneário deve ser predominantemente regional e nacional, mas os empresários do turismo também esperam a vinda de estrangeiros, já que as fronteiras terrestres foram reabertas – mas isso deve acontecer com mais força a partir de janeiro.

Cuidados precisam continuar em prol da retomada

Margot aproveita para citar que os últimos 21 meses foram de ‘grande aprendizado’ e que a pandemia serviu para mostrar que o setor do turismo precisa da retomada, mas que os cuidados sanitários devem continuar para que isso aconteça efetivamente. 

“Vemos que o verão, que começa nesta terça, é a verdadeira retomada. É um momento muito positivo, Balneário vive esse cenário ótimo, com novos atrativos turísticos, o alargamento da faixa de areia da praia central… sempre que o Coronavírus permitiu, o turismo foi recuperando o seu fôlego e agora isso deve acontecer de forma ainda mais consistente. Para que aconteça, devemos manter os cuidados, principalmente em ambientes fechados, para que todos consigamos seguir aproveitando e vivendo de forma mais plena. É esse cuidado que nos dá a tranquilidade de seguir”, completa.

The post Começou o verão: a estação mais quente do ano tende a ser ‘histórica’ em Balneário Camboriú first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também