Dengue: é hora de redobrar cuidados com a chegada do verão

Relacionadas

Balneário Camboriú tem hoje 1.158 focos do mosquito Aedes Aegypti, 210 casos autóctones (contraídos dentro do município), 54 indeterminados e dois importados (contraídos em outro município). Em 30 dias, o Programa Municipal de Combate à Dengue registrou 208 novos focos do mosquito, mas os casos autóctones e importados são os mesmos desde o início de novembro.

A diretora de Vigilância Ambiental, Eliane Guedes Casatti disse que em relação aos casos autóctones que estagnaram em 210, é porque não tem fêmeas do Aedes Aegypti contaminadas.

Mas ressalta que mesmo assim não dá pra relaxar no controle.

“Por isso ressaltamos que as pessoas devem redobrar os cuidados ainda mais com a chegada do verão com muito calor e chuvas intensas”, destacou.

Por este motivo, entre 30 de novembro e 4 de dezembro aconteceu a Semana de Combate à Dengue em todo o Estado, com o objetivo de reforçar a eliminação de criadouros e orientar sobre os cuidados com a Dengue, Zika e Chikungunya.

Em Balneário foram visitados quase três mil casas e terrenos.

“Além das visitas, foram atendemos as demandas da Ouvidoria, visitamos os pacientes suspeitos de Dengue, assim como borracharias, ferro velhos, cemitério entre outros locais”, informou Eliane.

As vistorias foram mais intensas nos bairros mais infestados pelo mosquito, Barra, Nova Esperança e Praia Agrestes, de acordo com o Levantamento Rápido para Aedes Aegypti (LIRAa), realizado em novembro.

Eliane reforçou o pedido para que a população ajude a eliminar o mosquito, impedindo os criadouros. “Qualquer recipiente com acúmulo de água pode se transformar em um criadouro”, disse.

Dicas para o combate

  • Coloque areia nos pratos ou deixem sem pratos;
  • Piscinas devem ser mantidas limpas o ano todo;
  • Telar os ralos;
  • Recolher e acondicionar o lixo em local coberto;
  • Cisternas e reservatórios devem ser mantidos fechados.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também