Equipe da AFADEFI na seleção catarinense das Paralimpíadas escolares

Relacionadas

Quatro atletas e o treinador de atletismo, Caike Jacob  Rovigo, da Associação de Apoio às Famílias com Deficientes Físicos (Afadefi), de Balneário Camboriú, integraram a seleção catarinense que disputou os Jogos Paralímpicos Escolares, de 22 a 27 deste mês, em São Paulo.

O evento reuniu todos os estados do Brasil com equipes  formadas por paratletas de 11 a 18 anos das modalidades paralímpicas de atletismo, futebol de 7, basquete em cadeira de rodas, tênis em cadeira de rodas, vôlei sentado, bocha paralímpica, judô, natação, futebol de 5, tênis de mesa, goalball, badminton e taekwondo. 

O município esteve presente em três modalidades com as atletas Brenda Bensberg Sanches e Caroline Gomes de Castro (atletismo), Allana Maschio (tênis de mesa) e Leonardo Nunes da Silva (Bocha Paralímpica). O treinador destes atletas, Caike Rovigo foi o técnico de atletismo de toda equipe catarinense.

Os atletas da Afadefi/FMEBC trouxeram oito medalhas entre elas cinco ouros, duas pratas e um bronze, além de mais experiência para os próximos eventos. 

Medalhas

Atletismo

Brenda Bensberg Sanches – Ouro arremesso do peso, ouro lançamento do dardo, ouro lançamento do disco. 

Caroline Gomes de Castro (foto abaixo): Ouro e recorde braseiro escolar do salto em distância, prata nos 100m e bronze nos 400m. 

Premiação da atleta Caroline no salto em distância onde se tornou nova recordista atleta (Divulgação/Afadefi)

Tênis de mesa 

Allana Maschio (foto abaixo): Ouro por equipes e prata no individual geral. 

Allana Maschio na premiação tênis de mesa (Divulgação/Afadefi)

Bocha paralímpica 

Leonardo Nunes da Silva: avançou até as quartas de finais.

O que dizem os campeões

O estreante Leonardo disse que foi muito importante sua estreia em um evento de porte como este e sabe que a responsabilidade só aumenta a partir de agora.

Caroline, a veterana do grupo, porque participou de cinco edições dos Jogos disse que a experiência abriu caminhos e novos sonhos.

“Comecei nos Jogos com apenas 11 anos e através deles muitas portas de oportunidades se abriram me fazendo acreditar ainda mais no meu potencial. Hoje sou recordista brasileira, pentacampeã dos Jogos no salto e distância e muito feliz por fechar esse ciclo e poder iniciar algo maior, quem sabe Paris 2024”, disse a multicampeã.

O que disse o técnico Caike

Brenda e Caroline (D) com o técnico Caike Rovigo (Divulgação/Afadefi)

“Nesta edição muitas coisas foram diferentes, desde a escolha da delegação, da qual fui parte atuante, bem como na realização dos Jogos. Até o último momento não íamos enquanto delegação de Santa Catarina. Então estar lá, poder representar nosso estado e ainda coordenar a modalidade me proporcionou muitas vivências. Foi um grande feito. Conseguimos com nossos atletas feitos muito importantes, e ainda conseguimos com a delegação do atletismo ficar entre os três melhores estados do país. O que indica uma ótima atuação profissional e atlética”, colocou Caike.

ParaJasc

Agora segue a preparação da equipe para disputar o ParaJasc, que esse ano será realizado em vários municipios.

Os treinamentos são mantidos com recurso do Fundesporte de Balneário Camboriú, Fundação Municipal de Esporte de Balneário Camboriú e o programa Bolsa atleta do Município.  

The post Equipe da AFADEFI na seleção catarinense das Paralimpíadas escolares first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também