Fabrício e Carlos Humberto conquistam com folga a reeleição em Balneário Camboriú

Relacionadas

Foco agora é o combate à covidf-19 que volta a ameaçar a população

(Renata Rutes Henning) – O prefeito Fabrício Oliveira e seu vice Carlos Humberto conquistaram a reeleição neste domingo, vencendo seus adversários por larga margem e consolidando maioria na Câmara onde terá pelo menos 11 dos 19 vereadores em sua base de apoio.
O prefeito reeleito conversou ao vivo com o Página 3 na live que o jornal realizou durante a apuração, falou sobre a vitória e o foco no combate ao Covid-19, já que os casos voltaram a crescer na cidade.

Fabrício destacou a gratidão que sente por ter conquistado a vitória, confessando que estava bastante cansado e citando os ataques que sofreu ao longo da campanha, como as fake news sobre o retorno do lockdown em prevenção ao Covid-19, o que ele reiterou que neste momento não está sendo cogitado.

O prefeito reeleito afirmou que nesta segunda-feira(16) ele se reunirá com a Secretaria de Saúde para discutir as ações para intensificar a prevenção ao vírus na cidade e tem outro encontro na terça-feira (17), com o Comitê de Combate ao Covid.

O prefeito relembrou que o controle dos casos é uma preocupação de seu governo, mas lamentou que agora vem sendo mais difícil do que antes cobrar o uso de máscara pelos moradores e visitantes da cidade.

Eleição também teve brigas e prisões

Com a maior abstenção desde a redemocratização, 31,8%, a eleição a eleição foi relativamente calma, mas teve algumas desinteligências.

Logo pela manhã, repercutiu uma briga ocorrida em frente ao Colégio João Goulart, envolvendo o filho do vereador Nilson Probst, o diretor-geral da Emasa, Douglas Beber, e o ex-secretário de Compras, Fernando Marchiori. Testemunhas informaram que o filho de Probst teria ‘encarado’ Beber, que o questionou. Marchiori teria entrado na briga para defender Douglas.

Horas depois, a esposa do candidato a vereador Cleber Torra Torra, conhecida nas redes sociais como Sil, foi detida por entrar no Colégio João Goulart com uma bandeira do marido, suspeita de boca de urna. Ela se revoltou porque não pôde votar no marido.

O Página 3 também conversou, no Cartório Eleitoral, durante a apuração dos votos, com os comandantes da Guarda Municipal e Polícia Militar, Antônio Afonso Coutinho Neto e Daniel Nunes da Silva, respectivamente, que citaram que o dia agitado, mas que perceberam uma maior conscientização por parte dos eleitores. O Comandante da PM destacou a diminuição de derramamento de santinhos, com ocorrência somente nas proximidades do Colégio Maria da Glória Pereira.

A Polícia Militar atendeu em Balneário 22 ocorrências, sendo que em duas delas foram registrados termos circunstanciados pelo crime de boca de urna e conduzidos cinco homens, de 57, 48, 46, 45 e 43 anos ao Fórum para os procedimentos legais. Nos demais atendimentos não foram constatados crimes eleitorais, segundo a PM, gerando ‘apenas orientações’.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também

Com brilho de Gabriel Veron, Palmeiras goleia o Delfín e avança na Libertadores

Por Glauco de Pierri O Palmeiras continua firme em seus objetivos na temporada. Campeão Paulista, semifinalista da Copa do Brasil e ainda na luta...

Praça General José San Martin revitalizada foi apresentada à comunidade

A Praça General José San Martin foi reformada, recebeu várias melhorias e nesta segunda-feira foi apresentada em solenidade que contou com a presença de...

Dos 15 pontos analisados, 14 estão próprios para banho em Balneário Camboriú

A exceção como sempre é a Lagoa de Taquaras Depois que tomou conhecimento do relatório dos resultados positivos de 14 dos 15 pontos analisados...