Família Schurmann e Spin lançam programa global de inovação a favor dos oceanos

Relacionadas

O plástico gerou uma verdadeira revolução, possibilitando alguns avanços em importantes segmentos como a saúde. Mas, com a utilização em larga escala, principalmente, de descartáveis, surgiram também efeitos negativos ao meio ambiente, às espécies e até mesmo ao ser humano. O material se tornou a principal fonte mundial de poluição nos oceanos e vem provocando discussões que envolvem não só a sociedade, mas a ciência e o meio industrial.

Diante de fatos alarmantes, é preciso encontrar soluções e alternativas para reduzir os impactos gerados pela produção, consumo e descarte do plástico e do microplástico. “É preciso entender que não existe essa história de ‘jogar fora’, tirando o problema de vista, pois tudo converge para um mesmo lugar: o nosso planeta. E essa situação vai além da tartaruga e do golfinho. É a vida humana que está em jogo”, alerta David Schurmann, um dos líderes da iniciativa Voz dos Oceanos.

Com a necessidade urgente por soluções, a Spin, três vezes eleita uma das melhores aceleradoras de startups do país, firmou uma importante parceria com a Família Schurmann. Juntas, elas estão unindo esforços em uma jornada global para identificar e selecionar startups inovadoras que buscam solucionar esse desafio e, assim, mudar esse preocupante cenário.

Entre todos os inscritos globalmente, 1,5 mil deverão ser selecionados para o processo classificatório. Os melhores terão a oportunidade de conectar as soluções com demandas de indústrias, passar por aceleração e receber investimento para impulsionar as iniciativas.

O objetivo é acelerar a adoção e implantação de soluções inovadoras e sustentáveis nas indústrias ligadas à cadeia de valor do plástico e, assim, também alinhá-las às mudanças trazidas pela pandemia do novo coronavírus. Nos últimos meses, as corporações precisaram se reinventar ainda mais e, ainda, direcionar o olhar com mais intensidade à responsabilidade ligada ao ESG (Environment, Social and Governance ou meio ambiente, social e governança).

Conforme Beny Fard, CEO da Spin, as empresas estão mais atentas às demandas da sociedade e alinhando os investimentos ao ESG.

“Já estão sendo implementadas diversas transformações no Brasil e no exterior, principalmente, por pressão de conselheiros e investidores de mercado, trazendo ações para os fatores de sustentabilidade como uma maneira de fortalecer corporações com modelos de negócios mais resilientes e preocupados com a nova economia”, destaca.

Lançamento oficial aconteceu em uma transmissão online com a presença dos velejadores

Inspirada por tudo isso, Spin e Família Schurmann lançaram, nesta terça-feira, 17, o Voz dos Oceanos – Open Innovation Program (vozdosoceanos.com/innovation), que acontece paralelamente à expedição Voz dos Oceanos. Ele já conta com o apoio institucional do Pacto Global da ONU Meio Ambiente e também da Abiplast (Associação Brasileira de Indústria de Plásticos). O anúncio oficial da iniciativa ocorre, a partir das 10h, em uma transmissão online com presença da equipe da aceleradora e também dos velejadores.

Sobre a Spin

A Spin é a primeira e a maior plataforma de inovação Startup+Indústria do Brasil (hardware e software), a maior aceleradora de Santa Catarina (TechSC/KPMG) e também uma das dez melhores aceleradoras do país (Startup Awards 2018, 2019 e 2020). Com operação em São Paulo, Paraná e Santa Catarina, a Spin é parceira oficial do Stanford Research Institute para todo o território nacional e tem como objetivo colocar frente a frente startups inovadoras, indústrias em transformação e investidores interessados em criar negócios exponenciais. Para saber mais, basta acessar o site www.spin.capital, as redes sociais (@spin.capital) ou a plataforma de inovaçãoexponencial.vc.

Sobre a Família Schurmann

É a primeira família latino-americana a circunavegar o mundo em um veleiro, cruzando os mares há 36 anos. Desde 2017, são defensores da campanha Mares Limpos do Programa da ONU para o Meio Ambiente (PNUMA), reconhecidos globalmente pela entidade que apoia sua próxima expedição, a Voz dos Oceanos. Em agosto de 2021, a Família Schurmann parte para sua nova aventura mundial, dessa vez, testemunhando e registrando, in loco, o que está acontecendo nos oceanos para navegar em busca de soluções inovadoras e conscientizar e a engajar as pessoas ao redor do mundo para a necessidade de ações urgentes.


Fonte: Entrelinhas Assessoria em Comunicação

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também

Obra da Emasa altera trânsito no Nova Esperança

A Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) comunicando que haverá alteração no trânsito, entre a Rua Alécio Domingos Linhares e a Marginal Oeste,...

Moradora de Camboriú é vítima de acidente de trânsito em Curitibanos

Uma moradora de Camboriú, Anna Carvalho da Silva (foto abaixo), 45 anos, foi vítima fatal de um acidente de trânsito na rodovia SC-120,...

Bebê encontrada em lixeira de prédio em Balneário segue na UTI

A bebê recém-nascida, encontrada na lixeira de um prédio na Rua 3.850, na tarde de sábado (28), segue internada na UTI neonatal do...