Festival Nacional de Cinema Universitário Tainha Dourada começa nesta terça-feira com novidades

Relacionadas

A décima edição do Festival Nacional de Cinema Universitário Tainha Dourada, promovido pelo curso de Produção Audiovisual da Univali, inicia nesta terça-feira (6). O objetivo é promover palestras, oficinas e workshops na área de cinema, audiovisual e comunicação, além de apresentar ao público obras realizadas por universitários de todo o país.

O Tainha Dourada tem 12 categorias e nesta edição comemorativa aos 10 anos do evento a novidade é a categoria de melhor curta-metragem produzido com celular.

No total foram inscritos mais de 150 filmes e 33 foram selecionados para exibição durante os cinco dias de evento. Somente produções acadêmicas podem participar da mostra competitiva. O evento será on-line e terá a participação de grandes nomes da produção audiovisual do país como Gustavo Minas, Adrian Teijido, Camila Freitas e Luiz Joaquim.

“O mercado audiovisual brasileiro é uma indústria que movimenta mais de R$ 25 bilhões por ano e emprega mais de 100 mil profissionais. Dados da Agência Nacional do Cinema apontam que há mais de 8 mil produtoras em funcionamento atualmente no país. O mercado está em expansão e o Festival Tainha Dourada é o reflexo deste momento. A pandemia impactou o setor e prejudicou as produções por conta do isolamento social, entretanto, evidenciou a importância da produção audiovisual como fonte de entretenimento e informação”, destaca a professora Denise Serafini Furtado, coordenadora do curso de Produção Audiovisual da Univali.

Os curtas serão exibidos no site do festival e as palestras acontecem via plataforma Blackboard. O link de acesso e a programação completa estão disponíveis nas redes sociais:

The post Festival Nacional de Cinema Universitário Tainha Dourada começa nesta terça-feira com novidades first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também