Fórum Municipal vai avaliar o cenário da segurança pública em Balneário Camboriú

Relacionadas

A situação da segurança pública em Balneário Camboriú será debatida no Fórum de Avaliação da Segurança Pública e Cidadania de Balneário Camboriú, na próxima quinta-feira (12), às 19h, na Câmara de Vereadores. A audiência, organizada pelo Conselho Comunitário de Segurança e Cidadania de Balneário Camboriú (CONSEG/BC) é aberta ao público.

O presidente do CONSEG/BC, o advogado Valdir de Andrade, adianta que todos os setores responsáveis por segurança pública no município estarão representados.

“Vamos falar sobre a importância de todos trabalharem juntos e também avaliar os números de crimes na cidade [Balneário lidera diversos crimes a nível estadual (relembre aqui), as cifras negras que temos. Sabemos que a situação está complexa e temos que nos organizar e enfrentar”, afirma.  

Na oportunidade também será discutida a situação das recicladoras, através da participação da secretária do Meio Ambiente, Maria Heloísa Lenzi. 

As recicladoras já foram alvo de duas operações policiais na cidade, porque várias recebem materiais furtados como portões, fios de energia elétrica e até tampas de bueiro roubados.

“Os representantes vão estar na Câmara, bem como o deputado Maurício Eskudlark, que fez a lei sobre um cadastro estadual dos moradores de rua e outra que trata da necessidade de as recicladoras terem ‘nota de entrada’ para qualquer tipo de material que receberem, como cobre, pois hoje muitas são depósitos clandestinos de produtos furtados e causam problemas”, acrescenta. 

Segundo Valdir, também serão convidados representantes do Ministério Público e Judiciário, para debater com os guardas e policiais a questão da soltura de ladrões com várias passagens pela polícia – um problema a nível nacional. 

“Os vereadores também foram chamados, é importante que a comunidade participe, porque é algo do interesse de todos!”, completa.

Sessão extraordinária deveria acontecer em agosto 

Marcelo Achutti (Divulgação)

O vereador Marcelo Achutti havia protocolado em julho um convite para os representantes das forças da segurança, com o objetivo de realizar uma sessão extraordinária para debater a segurança municipal. 

O Página 3 ouviu na ocasião os envolvidos – Tenente-Coronel Daniel Nunes da Silva, da PM, delegado regional Giancarlo Rossini e comandante da GM, Douglas Ferraz, que confirmaram ao jornal que participariam da sessão, e agora participarão do Fórum (relembre aqui). 

Achutti disse ao Página 3 que a realização do Fórum mostra que ele estava certo em sugerir a sessão extraordinária, que aconteceria em agosto. 

“Precisamos colocar as forças da segurança para conversar. Deveriam convidar também os representantes da Secretaria de Estado de Segurança Pública. Eu sou oposição, mas reconheço o trabalho do prefeito Fabrício Oliveira, que ajuda a manter a PM e a Polícia Civil e hoje falta atenção do Estado com Balneário Camboriú”, diz. 

Castanheira na Câmara 

O vereador Achutti recebeu a informação de que o secretário de Segurança, Antônio Gabriel Castanheira Junior, deverá estar na Câmara na próxima terça-feira (10). 

Achutti o convocou junto com o comandante da GM, Douglas Ferraz no início de junho, após a confusão ocorrida no Bairro da Barra (relembre aqui). 

“Ele [o Castanheira] estará indo na Câmara mais de 60 dias após a convocação. Acredito que vai falar, mas também vai ser questionado! Eu não tenho medo de cara feia, não fui eleito para dizer que está tudo a mil maravilhas. Reconhecemos o trabalho da GM, mas tem algo estranho, porque há denúncias. Não tem o que justificar, o problema é a nível nacional, mas então que admitam que Balneário não é a cidade mais segura do Brasil, porque não é! Vou participar do Fórum na quinta-feira, mas também estou ansioso para a sessão de terça, com a presença do secretário”, acrescenta. 

The post Fórum Municipal vai avaliar o cenário da segurança pública em Balneário Camboriú first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também