Liga Carnavalesca de Balneário Camboriú foi declarada de utilidade pública

Relacionadas

Os vereadores de Balneário Camboriú aprovaram, na sessão de terça-feira (16), projeto da vereadora Juliana Pavan, que declara de utilidade pública a Liga Carnavalesca Independente de Balneário Camboriú. 

Com a aprovação, a Liga, que representa os 28 blocos carnavalescos e a Escola de Samba Unidos do Samboriú (única da cidade), pode conseguir mais apoio para realizar o Carnaval, incluindo o de 2022, que está confirmado. 

Chamou a atenção que, durante a votação, alguns vereadores se ausentaram – evangélicos como Omar Tomalih e Kaká Fernandes, além de Alessandro Kuehne, o Teco, e David Fernandes ‘Labarrica’.

“Viemos do povo e somos do povo”

O vice-presidente da Liga Carnavalesca, Evandro Rocca, disse ao Página 3 que, finalmente, após seis meses do projeto tramitando na Câmara ele foi enfim votado e aprovado [por 13 votos favoráveis, nenhum contrário]. 

“A Liga envolve um trabalho social, é a festa do povo! Agora conseguiremos demonstrar para a população, investidores e patrocinadores que viemos do povo e somos do povo, de forma totalmente independente. Não deveríamos ter que ir atrás da Câmara [o projeto foi rejeitado quando foi apresentado pela então vereadora Juliethe Nitz, em 2020], deveríamos ser reconhecidos pelo que fazemos pela cidade, pela cultura e pela música, mas estamos felizes, agora conseguimos comprovar e o município nos reconhece”, afirma.

Luta agora é incluir Carnaval no calendário oficial 

Evandro lembra que o Carnaval é a segunda maior festa de Balneário Camboriú, atrás apenas do Réveillon. Agora, a Liga quer que a data seja incluída no calendário oficial da cidade, para facilitar ainda mais a captação de patrocinadores para o evento. 

“É a nossa maior luta, pois assim saberemos de forma oficial que o Carnaval acontecerá e as agências de viagem poderão nos ajudar a divulgar, vendendo pacotes. Agradecemos o apoio da vereadora Juliana Pavan e de outros vereadores, como o Marcelo Achutti [que entrou com o projeto pedindo a inclusão do Carnaval no calendário em 2019, mas na época foi negado], Eduardo Zanatta, André Meirinho e Nilson Probst. É muito importante esse apoio da Câmara. Agora esperamos que a LOA (Lei Orçamentária Anual) seja votada para sabermos o orçamento que o Carnaval terá e assim darmos andamento no projeto do Carnaval 2022 [que poderá ter como tema o alargamento da faixa de areia], que já está pronto. Estamos muito ansiosos”, comenta.

Vereadora destaca: Carnaval é ‘lazer de qualidade’

A vereadora responsável pelo projeto, Juliana Pavan, conta que durante a sessão solicitou a inversão da pauta, porque a utilidade pública da Liga só seria votada ao final. 

“E como havia integrantes da Samboriú e da Liga, pedi que invertessem, para assim darmos agilidade. Assim conseguimos direcionar e votar. Foram 13 votantes, e a aprovação foi unânime. Falar do Carnaval é falar de lazer de qualidade, e precisamos fomentar isso. Balneário tem o título de capital catarinense do turismo, o verão já está aí, e vejo que tanto os moradores quanto turistas devem aproveitar a cidade e o Carnaval. Meu pai, Leonel Pavan, abraçava muito essa causa, que eu vejo que precisa de uma atenção maior”, explica.

Juliana relembra que conversou com a Liga Carnavalesca em maio, quando protocolou o projeto de utilidade pública. Na ocasião, ela também levou os membros da diretoria da entidade para conversar com o secretário de Turismo, Geninho Góes, e desde então a Liga e o secretário planejam juntos o Carnaval 2022. 

“Agora dependemos da aprovação da LOA, que ainda não foi para votação e por isso a prefeitura ainda não fez a licitação do Carnaval. Precisa haver esse trâmite burocrático, mas ao menos acontece o diálogo entre o Turismo e a Liga. O projeto está pronto, o start foi dado, e agora com a utilidade pública declarada, há a possibilidade de captação de recursos e patrocínios para a realização dos próximos Carnavais, abre portas para novas parcerias”, acrescenta.

Juliana também pretende apoiar o pedido da Liga para incluir o Carnaval no calendário do município e disse que irá conversar sobre o assunto ‘nos próximos dias’.

The post Liga Carnavalesca de Balneário Camboriú foi declarada de utilidade pública first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também