Mesmo com área isolada, mais três pessoas atolaram no alargamento da praia central de Balneário Camboriú

Relacionadas

O alargamento da faixa de areia da praia central de Balneário Camboriú foi finalizado no domingo (31), mas a área do centro para o Pontal Norte não está liberada para o público. Mesmo assim, as pessoas estão desrespeitando e mais três ‘atolamentos’ foram registrados no final de semana, além das duas mulheres que viralizaram nacionalmente na última semana.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, o primeiro caso deste domingo aconteceu por volta de 9h30, quando duas mulheres ficaram atoladas até metade das pernas e conseguiram sair do ‘atolamento’ com ajuda de moradores. 

À tarde, por volta de 16h30, um homem ficou preso por uma perna e precisou de apoio de guarda-vidas para ser retirado. Ele acabou perdendo um dos tênis que usava.

O Comandante do Corpo de Bombeiros de Balneário Camboriú, Tenente-Coronel José Ananias Carneiro, explicou que a área onde o público não pode ultrapassar foi sinalizada pela empresa responsável pela obra, o Consórcio Jan de Nul após uma solicitação dos bombeiros. 

“As pessoas estão se atolando desde que a obra começou, mas chegaram ao público esses casos recentes. Mesmo com a área isolada e sinalizada as pessoas estão entrando na areia, pisam e acabam afundando. Não deveriam ir, porque a área não foi liberada”, explica.

Ao longo dos dias, os guarda-vidas trabalham e acompanham a faixa de areia através de videomonitoramento, mas o receio é de que alguma pessoa acabe atolada durante a noite, e tenha que esperar até o outro dia para ser resgatada, caso ninguém a veja. 

“Se atolam até a altura da cintura. A empresa fez o que podia, que era isolar. Estamos conseguindo socorrer, mas o nosso grande medo é durante o período noturno. Houve muitos casos de atolamento desde que a obra começou. Estamos utilizando sacos de arremesso, que é amarrado na pessoa e conseguimos puxar por corda”, acrescenta.

Obra terminou, mas área segue isolada

No domingo (31) foi finalizada a descarga de areia do alargamento, mas agora começa a etapa de retirada dos tubos (cerca de 4km de tubulação), que deve durar entre 20 e 30 dias; até que tudo seja finalizado, a faixa de areia entre a Rua 1.900 e o Pontal Norte seguirá interditada para o público, que precisa respeitar para que mais incidentes como esses parem de acontecer.

The post Mesmo com área isolada, mais três pessoas atolaram no alargamento da praia central de Balneário Camboriú first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também