Moradores denunciam crime ambiental na Cachoeira Seca, em Camboriú

Relacionadas

Desde quinta-feira (10) moradores que residem próximo da Cachoeira Seca, no interior de Camboriú, vêm notando que mesmo sem chuvas de grandes proporções o local está enlameado. 

A máquina encontrada nas proximidades (Divulgação)

Após averiguações durante o final de semana, foi confirmado que duas propriedades estão realizando trabalho ilegal, que culminou com a água barrenta no rio.

Segundo um morador da localidade, que preferiu se manter em anônimo, a mudança na cor da água e o mau cheiro o preocupou, já que não chove consideravelmente há dias.

Moradores seguiram pela trilha que há na mata e encontraram uma máquina trabalhando ilegalmente na região, confirmando que a água barrenta possui relação com esse desmatamento, além de outra propriedade que não possuía máquinas, mas que há suspeita sobre operação ilegal nas nascentes do rio.

Fiscais da Fundação de Meio Ambiente de Camboriú (FUCAM) estiveram no local durante o final de semana e confirmaram que houve um crime – eles também encontraram a máquina apontada pelo morador, onde não havia ninguém trabalhando. 

Uma investigação foi aberta para apurar quem é o proprietário da área e da máquina, que será autuado e terá que recuperar a área desmatada.

The post Moradores denunciam crime ambiental na Cachoeira Seca, em Camboriú first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também