Moradores do Jardim Denise denunciam invasão de terreno que abriga horta comunitária

Relacionadas

Moradores do loteamento Jardim Denise, que fica em Balneário Camboriú, possuem uma horta em um terreno que a prefeitura aprovou em 2008 como espaço comunitário, mas há algum tempo um homem teria dito que o terreno é dele e começou a construir no local.

Moradores que preferiram não ser identificados procuraram o Página 3 para relatar a situação. 

“Cortaram tudo o que tínhamos, pé de ameixa, banana, plantávamos feijão e amora também. Estávamos esperando para limpar e plantar de novo, havia frutíferas de mais de 10 anos! Depredaram parte da Associação de Moradores, tínhamos uma geladeira e materiais que serviam como biblioteca”, contou uma moradora.

A comunidade teria chamado a Secretaria do Meio Ambiente, que teria falado sobre uma questão contratual, mas nada foi resolvido.

“Ele disse que comprou o terreno, mas nós temos papel dizendo que é nosso. Nos deram há 13 anos para fazer a horta e agora chega uma pessoa dizendo que comprou o terreno, mas a própria prefeitura tirou o antigo dono de lá em 2008 porque desmoronou”, acrescenta.

Até novembro de 2021 a comunidade manteve a horta, mas precisaram parar por conta do verão, já que o sol é muito quente e não chega água perto da horta. 

“Precisamos levar água com balde todos os dias. Falamos com a prefeitura, insistimos, mas nada fizeram até agora. Não podemos perder a nossa horta, queremos que ela continue a ser comunitária, nós não invadimos, estamos lá há 13 anos! Como chega alguém do nada e destruindo”, questionou um morador.

The post Moradores do Jardim Denise denunciam invasão de terreno que abriga horta comunitária first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também