ONG Viva Bicho recebe muitos pedidos de acolhimento de animais, mas está superlotada

Relacionadas

Diariamente a ONG Viva Bicho, que é o ‘lar’ de mais de 600 cães e gatos, recebe diversos pedidos de acolhimento de animais. Porém, a instituição de Balneário Camboriú só pode acolher animais seguindo um protocolo [o mesmo que a Guarda Municipal Ambiental segue]. Vale lembrar que animais não são descartáveis e abandoná-los é crime segundo a nova Lei Federal nº 14.064/20, que altera a Lei nº 9.605/1998, aumentando a pena de detenção para até cinco anos para crimes de maus-tratos a cães e gatos.

(Divulgação/ONG Viva Bicho)

Na última semana, um caso foi registrado envolvendo um animal que estaria vivendo nos arredores de um supermercado da cidade. A Guarda Municipal Ambiental foi acionada após solicitações da comunidade, porque o cão estaria com a pata machucada – o que não teria se confirmado, por isso ele não foi recolhido em um primeiro momento. Posteriormente, o cão acabou indo para o abrigo da ONG, foi castrado e está bem de saúde, estando disponível para adoção. 

A diretoria da ONG Viva Bicho destaca que a instituição e a Guarda Municipal Ambiental seguem um protocolo de resgate de animais, priorizando cães e gatos feridos ou doentes, filhotes, fêmeas no cio ou prenhas ou cães que possam ser um risco para a sociedade [por exemplo, um pitbull solto na rua], o que não era o caso do cão em questão e da maioria dos pedidos da comunidade. 

Vale destacar que só são recolhidos cães nas situações citadas que estão na rua, em estado de abandono – o que é considerado crime e o responsável pode ir preso. 

“Gostaríamos de comunicar à sociedade que ele se encontra no abrigo da Viva Bicho, onde vem recebendo todos os cuidados necessários”, afirmaram em nota.

Na manhã desta terça-feira (8) a ONG reforçou que está ‘insustentável’ a quantidade de mensagens que recebem diariamente de pessoas querendo que a ONG receba animais. “Pessoas querendo se desfazer de seus animais pelos mais variados motivos (mudança, doença ou idade do animal, ter crescido muito e por aí vai). Não adianta pedir acolhimento, pois não temos como. Vamos ter mais responsabilidade, se você decidiu ter, que seja para a vida toda”, escreveram.

The post ONG Viva Bicho recebe muitos pedidos de acolhimento de animais, mas está superlotada first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também