Pai e filho levam Santa Catarina ao pódio do Campeonato Brasileiro de Drift

Relacionadas

O piloto Márcio Kabeça conquistou o vice-campeonato na categoria Pro e o filho Juninho, de 16 anos, estreante em provas oficiais e atualmente o mais jovem a competir, consagrou, que aconteceu em Balneário Camboriú, no Speedway, no último dia 12.

Marcio Kabeça na pista (Foto Edson Luiz da Costa)
Juninho na pista (Foto Thiago Santana)

Na categoria Pro, Márcio Kabeça liderou o brasileiro por três etapas. Ele teve dois resultados ruins em função da quebra no carro, o que abriu as portas para Mateus Sartor assumir a liderança até a última etapa. 

Três pilotos disputavam o título: Mateus Sartor, Márcio Kabeça e João Barion, conhecido como Xerife, finalista do Hiper Drive da Netflix e único piloto a correr na Fórmula Drift Americana. Missão nada fácil para Márcio Kabeça, que consagrou-se campeão brasileiro em 2015. Esse ano ele garantiu o vice-campeonato Brasileiro entre grandes nomes do Drift nacional e trouxe para Santa Catarina mais um troféu. 

“O campeonato foi incrível, perfeito em julgamento unindo juízes brasileiros e internacionais e pela primeira vez na história do Drift no Brasil, foi transmitido ao vivo pela Band Sports. Foi um presente para o público amante do Drift”, fala Kabeça.

Balneário Camboriú foi a sede da primeira etapa da competição de 2021, que passou por São Paulo, Londrina e sediou a final, levando muita adrenalina ao público. 

O Ultimate teve duas categorias, Light e Pro, a diferença entre as duas é o peso dos carros e a largura dos pneus. Segundo os organizadores do campeonato, a divisão por categorias é para equilibrar o grid.

Texto: Luciana Haugg

The post Pai e filho levam Santa Catarina ao pódio do Campeonato Brasileiro de Drift first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também