Duda Altmann

A história da panqueca americana na minha família começou nas datas comemorativas, como a maioria das tradições alimentares acontecem. Todo aniversário ou data especial (Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças) é comemorado com panquecas, normalmente servidas na cama. Quando eu era pequena, meus pais me ensinaram a preparar as panquecas. Todo Dia das Mães, eu e meu pai acordávamos cedo, íamos para a cozinha e preparávamos as panquecas para a minha mãe sem ela saber. Era para surpreendermos ela ainda na cama.

Nesses dias especiais, todos ficam aguardando ansiosamente pelas panquecas na cama. Se é dia dos Pais, meu pai fica na cama até chegarmos com sua bandeja repleta de panquecas, frutas, geleia e café passado na hora.

Nossa família gosta muito de cafés da manhã e sempre teve a tradição de uma refeição farta pela manhã, com pães, cucas, bolos, geleias e antepastos. Tudo artesanal e nada industrializado. Como somos amantes da cozinha, é um prazer preparar essas panquecas para a pessoa amada pela manhã.

Com a quarentena, as pessoas ficaram em casa e se depararam com a necessidade de preparar sua própria comida. Porém, algumas pessoas não tinham ideia de como cozinhar. As lives no Instagram se tornaram cada vez mais presentes e amantes da cozinha arregaçaram as mangas e começaram a ensinar suas receitas preferidas. Eu fui uma delas.

Programei uma live para fazer nossas famosas panquecas americanas. Mas a ideia foi preparar junto com quem estava assistindo. Por isso, divulguei a lista dos ingredientes com antecedência, tirei dúvidas e pedi que todos deixassem tudo preparado. Na hora marcada, preparei duas versões de panquecas americanas (uma vegana e outra tradicional) ao mesmo tempo e servi com café, frutas, geleias e mel/melado;
As receitas estão salvas nos destaques da minha conta do Instagram. O mais legal foi o retorno das pessoas que cozinharam comigo. Recebi muitas fotos e divulguei no meu insta (@duda_altmann). Mesmo semanas depois da postagem, ainda recebia fotos.

Foi muito gratificante ver as pessoas se aventurarem na cozinha para cozinhar algo tão tradicional na minha família. Em meio a todo esse caos e notícias ruins, sem poder ver nossos entes queridos e nossos amigos por estarmos em casa, acredito que a comida traz afeto, carinho e conforto na nossa alma e é por isso, inclusive, que escolhi ser cozinheira. Então vamos à receita das famosas panquecas.

Receita de panquecas americanas

Ingredientes:
– ¾ de xícara de farinha de trigo;
– ¾ de xícara de leite;
– 2 colheres de sopa de manteiga derretida;
– 1 colher de sopa de açúcar;
– 1 e ½ colher de chá de fermento químico;
– ½ colher de chá de sal;
– 1 ovo;
– Mel, geleia, frutas ou o que preferir colocar em cima.

Modo de preparo:
Peneire a farinha, o açúcar e o sal numa bacia;
Em outra bacia, bata o ovo por 2 minutos;
Junte o leite delicadamente;
Aos poucos, junte a mistura dos secos com o ovo e o leite;
Adicione a manteiga derretida;
Por fim, adicione o fermento e mexa com uma espátula até ficar homogêneo;
Aqueça uma frigideira, unte com óleo e, com uma concha, espalhe a massa no centro;
Frite até os dois lados estarem dourados;
Cubra com geleia, mel, frutas, ou o que preferir.

Sou Duda Altmann (@duda_altmann) formanda em Bacharel de Gastronomia na Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI), tenho 20 anos e sou sócia da Altmann’s Cozinha Artesanal. Desde os 6 anos de idade faço bolos por hobby e aos 10 anos vendia cupcakes na escola para comprar uma guitarra (e consegui!). A cozinha sempre esteve muito presente na minha vida, pois minha família inteira cozinha. Amo o que faço e espero poder utilizar desse conhecimento para fazer projetos sociais a fim de ajudar crianças e pessoas que não conhecem a arte de cozinhar. Além de fazer com que as pessoas tenham mais acesso à comida de verdade e menos comidas prontas, cheias de aditivos químicos industrializados. Cozinho sempre com a alma e é por isso que escolhi essa profissão.