PM e órgãos fiscalizadores descartaram cinco toneladas de frutos do mar em Balneário Camboriú

Relacionadas

O vereador Marcelo Achutti procurou o Página 3 para falar sobre a operação ocorrida na terça-feira (29), no Bairro da Barra, em Balneário Camboriú, ocasião em que órgãos fiscalizadores descartaram mais de cinco toneladas de frutos do mar.

Segundo a Polícia Militar, em apoio à 6ª Promotoria de Justiça de Balneário Camboriú, de titularidade do Dr. Álvaro Pereira de Oliveira Melo, realizaram a operação de fiscalização do Programa de Proteção Jurídico-Sanitária de Produtos de Origem Animal (POA).

A fiscalização gerou a interdição de três empresas por medida cautelar em razão do descumprimento de normas (não foram citadas quais), com o descarte de mais de cinco toneladas de frutos do mar, sendo todos descartados diretamente no caminhão de lixo.

“Vão prender vagabundo”

O vereador Marcelo Achutti destacou que a operação teve como alvo os pescadores artesanais da cidade, que o procuraram para relatar o ocorrido. 

“Uma vergonha! Vão prender vagabundo! Por que não orientaram? Véspera de Sexta-feira Santa fazem isso! Jogaram tudo direto no caminhão do lixo. Tinha muito peixe, camarão, frutos do mar diversos… Foram direto nos pescadores, não foram nas grandes peixarias”, diz.

Segundo Achutti, os pescadores estavam bastante abalados e teriam guardado os produtos pensando na Páscoa, que é a principal data de vendas. 

“Ao invés de ajudarem, não… fazem uma ação dessas! Eles [os pescadores] me falaram que estava tudo organizado, sem irregularidades. Mas eles sempre dizem que têm dificuldade em tirar o SIM (Serviço de Inspeção Municipal). Vão prender vagabundo e não pessoas de bem! É muito complicado isso”, acrescenta o vereador.

The post PM e órgãos fiscalizadores descartaram cinco toneladas de frutos do mar em Balneário Camboriú first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também