Praça que homenageia o herói argentino San Martín completa 20 anos em Balneário Camboriú

Relacionadas

O relações públicas dos Círculo Argentino de Santa Catarina, Pablo Pieropan, preparou um texto alusivo ao aniversário de 20 anos da Praça General San Martín, em Balneário Camboriú, que homenageia o militar argentino que participou da independência do seu país, do Chile e do Peru.

HISTÓRICO DA PRAÇA GENERAL SAN MARTÍN DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ

A história dessa praça começou pelo ano 2001, quando desde a Fundação República Argentina (FRASC), nas figuras do seu presidente Ernesto Dominguez e do seu Tesoureiro Antônio de Bella, foi escrita uma carta dirigida ao Presidente da República Argentina, Dr. Fernando De la Rua, solicitando a doação de um busto do General José de San Martín. A carta foi entregue por um amigo da Fundação, que teve a gentileza de deixar nas mãos do secretário privado da presidência, quem entregou pela sua vez pessoalmente ao Presidente.

Passaram 20 dias daquela carta e o Sr. Ernesto Domínguez recebeu um telefonema da Secretaria da Presidência perguntando onde seria entregue o busto do General San Martín. A petição tinha sido considerada.  Então foi combinado que o busto fosse enviado por ônibus desde o terminal rodoviário de Retiro até Balneário Camboriú. Acompanharam o busto uma bandeira argentina e fotos do presidente da nação e do General San Martín.

Após isto, por intermédio da Fundação República Argentina realizou-se uma reunião com o então Prefeito Leonel Pavan na qual se pediu que fosse cedido um terreno para colocar o busto de San Martín. O Sr. Prefeito não duvidou e rapidamente se colocou em campanha. Em 24 horas já tinha escolhido o lugar, que foi nada menos que na frente da Rótula das Bandeiras, na Rua 10 esquina com Avenida do Estado. Incluso a posição na que foi colocado foi uma sugestão do mesmo Sr. Pavan que pensava que o busto de San Martín devia estar olhando as bandeiras, por isso foi disposto dessa forma é inaugurado no dia 17 de agosto de 2001, com presença de diplomáticos da Argentina e do Brasil.

No ano de 2006, a comunidade argentina residente em Balneário Camboriú, através do Círculo Argentino de Santa Catarina, solicitou nomear a praça “General José de San Martín”. Os vereadores Claudir Maciel e Arlindo da Cruz elaboraram um projeto de lei e o levaram à Câmara de Vereadores. A descrição e justificativa do projeto foi o seguinte: “O presente projeto de lei pretende reconhecer e homenagear os irmãos argentinos, tendo em vista a forte identificação com a cidade. É expressiva a comunidade de argentinos residentes e domiciliados em Balneário Camboriú, assim como o ingresso de turistas oriundos da Argentina durante o ano todo, aquecendo e mobilizando nossa economia, e fortalecendo nossos laços de amizade. A par disso, propõe-se o presente Projeto de Lei, razão pela qual conclamamos os senhores Vereadores a APROVÁ-LO”.

Felizmente o projeto foi aprovado por todos os vereadores e virou Lei no dia 15 de agosto de 2006 após a publicação e sanção por parte do Prefeito no então, o Sr. Rubens Spernau.

No percorrer dos anos, a praça foi o local escolhido pela comunidade argentina residente em BC para realizar eventos relacionados a datas festivas da Argentina, principalmente nos aniversários do falecimento do General San Martín, que se rememora a cada 17 de agosto. Cabe destacar que San Martín, junto com Belgrano, é um dos máximos próceres da Argentina e também um dos Libertadores de América, por ter libertado Argentina, Chile e Peru da ocupação da coroa espanhola, dando origem ao processo de conformação dos estados nacionais.

A praça foi arborizada e colocada uma árvore do Ceibo, que é a Flor Nacional da Argentina e do Uruguai. Em português, o nome da árvore é “corticeiro”. É encontrada no nordeste e centro-oeste da Argentina, leste da Bolívia, oeste do Equador, sul do Brasil, grande parte do Paraguai e quase todo o Uruguai.

Após um período resplandecente, a praça foi descuidada, o espaço foi utilizado por moradores de rua e às vezes também usuários de drogas.

Já no ano de 2019, o Círculo Argentino de Santa Catarina (CASC), associação civil sem fins lucrativos, fundada no dia 9 de julho de 1995, registrou o processo de deterioração do espaço público e tomou cartas no assunto. Foi assim que se criou o Grupo Semeador do CASC, formado por jovens e adultos jovens que abraçaram a missão de recuperar a praça e para dar início a essa premissa decidiram plantar uma árvore como ato simbólico.

Para isto, foram pedir autorização a Área de Paisagismo e mais tarde a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de BC. Foi aí que os representantes do CASC foram informados de que existia um projeto para reformar a praça. Dada essa situação foram encaminhados para a Área de Planejamento, onde lhes foi comunicado que efetivamente existia um projeto de uma gestão anterior e o mesmo não contemplava o busto. Além disto, o nome do projeto também não respeitava a Lei municipal que nomeava a praça como General José de San Martín.

Com tudo, os membros do Grupo Semeador do CASC informaram as autoridades do Conselho Administrativo da entidade, nas figuras do então presidente, Alejandro Olivera, e outros membros como os Sres. Juan Carlos Amaya e Rubén Fidalgo, para que tomassem as devidas providências. Foi assim que se iniciou o processo de readaptação do projeto, graças à participação de autoridades como o Vice-prefeito Carlos Humberto e do Secretário de Obras, Osmar Nunes Filho, conhecido como Mazoca. Este último foi muito contundente e lembrou que a atual Plaza San Martín tem força de lei e não pode ser abandonada, ao invés, tem que ser mantida e que sob nenhum ponto de vista pode mudar sua denominação, ademais que se alguma obra fosse executada, deve incluir a participação do Círculo Argentino de Santa Catarina no projeto.

Daí para a frente foi uma interação permanente entre a Prefeitura de BC e o CASC. O projeto foi revisado, cobrou vida e foi agilizado. Previu-se a permanência do busto e do nome da praça, como assim também renovar as placas alusivas e colocar um mastro.

As obras começaram em maio de 2020. Desde o início, as Secretarias de Obras de um lado e de Planejamento do outro estabeleceram uma constante comunicação com a Direção de Comunicação e Relações do CASC. Nesse sentido o Sr. Marcos Lenzi, assessor da Prefeitura, ofereceu fotos e atualizações das obras de maneira que ambas as partes coordenassem o que fosse necessário para a recuperação do espaço público.

No dia 17 de agosto de 2020, Dia do General San Martín, em emotivo ato, se fez uma visita pelas obras da praça, da qual participaram autoridades da Prefeitura e do CASC. Apesar da pandemia e mantendo os cuidados, a comunidade argentina se mobilizou e foi feita uma transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Já com a finalização das obras, se planejou a colocação das placas, sendo de grande importância a participação do Consulado Argentino em Florianópolis, que desenhou uma placa para homenagear ao prócer e deu uma bandeira argentina para içar no mastro da praça. Também o Instituto Nacional Sanmartiniano da Argentina quis prestigiar o prócer instalando uma placa explicativa da sua figura e relevância para América Latina toda. Do lado da Sociedade Civil, o CASC fez uma placa alusiva ao ano do 25° Aniversário da sua fundação, homenageando ao prócer e convidando a participar da mesma a Fundação República Argentina.

O dia 30 de Novembro de 2020, data estabelecida como o Dia da Amizade Argentino-Brasileira, com a presença de autoridades da Prefeitura de Balneário Camboriú, do Consulado Argentino de Florianópolis, da Fundação República Argentina e do Círculo Argentino de Santa Catarina, se reinaugura a Praça General José de San Martin de Balneário Camboriú.   

Este 17 de agosto, a praça completa 20 anos, está mais linda do que antes e continua sendo um importante ponto de referencia para a comunidade de Balneário Camboriú e região.

Produção e pesquisa:

Pablo Pieropan – Relações-públicas do CASC/CICAL

Formado em Comunicação Social e Relações Públicas. 

The post Praça que homenageia o herói argentino San Martín completa 20 anos em Balneário Camboriú first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também