Primeira Páscoa pós-pandemia terá celebrações presenciais nas igrejas de Balneário

Relacionadas

A Páscoa deste ano será oficialmente a primeira pós-pandemia de Covid-19. A de 2020 foi o ‘início’ do uso de máscaras em Balneário Camboriú, a de 2021 a de esperança com a vacinação que estava começando e a deste ano com a perspectiva de dias melhores, com 122,8 mil pessoas vacinadas na cidade (dados de 13/04, da primeira dose da vacina; sendo 111,8 mil com as duas doses, 51 mil com a terceira, 754 com a quarta dose e 4,8 mil com dose única). 

Diante disso, o jornal conversou com o pastor Eloir Carlos Ponath, da Igreja Luterana Martin Luther, que analisa o novo tempo e esta Páscoa que, mais do que nunca, representa a ‘ressurreição’ para novos dias.

Igreja Luterana celebra Páscoa com o Tríduo Pascal

Eloir Carlos Ponath, Pastor da Igreja Martin Luther (IECLB) – “Chegou a Páscoa, que alegria!” 

Assim inicia um hino. Páscoa é motivo de alegria, pois, para as pessoas cristãs, celebra o centro da fé em Jesus Cristo: a sua ressurreição. Anunciamos vida que se renova pela fé, esperança que se reforça, anunciamos o poder de Deus.

A celebração do Tríduo Pascal tem por objetivo resgatar, de forma litúrgica, os relatos bíblicos em torno dos acontecimentos que levaram Jesus à crucificação, morte e ressurreição. Assim, coloca a comunidade numa experiência única com os ritos litúrgicos que cumprem a função de testemunhar Cristo como Senhor e Salvador, que nos resgata da morte e dos pecados e nos chama para uma nova vida, renovada pela fé.

Desta forma, o Tríduo Pascal é uma celebração única, que se inicia na Quinta-Feira da Paixão (14/04, 19h30), lembrando, através do gesto do lava-pés, que Jesus veio para servir. Também celebra-se a Santa Ceia do Senhor, lembrando a última Ceia de Jesus com seus discípulos, chegando ao momento em que Jesus é entregue aos soldados.

O Tríduo Pascal continua na Sexta-Feira da Paixão (15/04, 19h30), uma celebração marcada pela escuridão, lembrando as trevas, os sofrimentos de Jesus, a cruz e sua morte. Momentos de emoção e de profunda reflexão.

Na madrugada do Domingo de Páscoa (17/04, 5h), temos o terceiro momento do Tríduo Pascal, iniciando ainda no escuro, do lado de fora da igreja, ao redor de uma fogueira, onde é aceso o Círio Pascal, levado em procissão, até o altar. Ao amanhecer, anuncia-se o Cristo vivo e celebra-se a alegria da vida que se renova na esperança da ressurreição, culminando na Santa Ceia do Senhor, que reúne os fiéis em comunhão como família de Deus, a qual busca o perdão e fortalece em união e fé. Ao final da celebração, as crianças terão um momento especial de caça aos ovos, resgatando esta tradição e lembrando que ovos de Páscoa são usados pelo cristianismo apenas como símbolo para lembrar que a ressurreição anuncia a nova vida em Cristo. Neste momento, toda a comunidade desfrutará de um café da manhã carinhosamente preparado pelos grupos de mulheres, marcando a comunhão e a partilha.

Na Quinta-Feira, contaremos com a presença do Grupo Vocal Kairós. Na Sexta-Feira teremos o Coral Vozes do Mar. No Domingo teremos o Grupo de Violinos e participação de integrantes do Grupo de Metais. Toda a programação será transmitida ao vivo pelo canal da comunidade no YouTube: “IECLB – Igreja Luterana Balneário Camboriú”.

“Chegou a Páscoa, que alegria!” Vamos celebrar e fortalecer nossa fé e nossa esperança”.

Programação das igrejas católicas

Frei Roberto Carlos Nunes, pároco da Igreja Matriz Santa Inês (Divulgação)

Igreja Matriz Santa Inês e Capela Santa Catarina

  • Nesta quinta-feira (14), na Igreja Matriz Santa Inês acontece, às 17h e 19h, a tradicional Missa de Lava Pés e na Capela Santa Catarina às 20h.
  • Sexta-feira Santa na Igreja Santa Inês: 9h Celebração Penitencial (confissão comunitária); 14h Via Sacra; 15h Celebração da Paixão e Morte de Jesus Cristo (na Igreja Matriz e na Capela Santa Catarina).
  • Sábado de Aleluia: celebrações às 17h e 19h30 na Igreja Matriz; e 19h30 na Capela Santa Catarina.
  • Dominho de Páscoa: celebrações 7h, 8h30, 10h, 18h e 19h30 – Igreja Matriz; 9h na Capela Santa Catarina.

Igreja São Sebastião

  • Quinta-feira: 19h30 – Missa da instituição da Eucaristia – Lava-pés; adoração até à meia-noite.
  • Sexta-feira Santa: 9h – Via Sacra; 9h às 12h – Confissões; 15h – Paixão e Morte do Senhor, Beijo da Cruz (Senhor Morto); 18h – Concentração no Viaduto do Cristo Luz e 19h15 encenação da Paixão, Morte e Ressurreição – Cristo Vive (saiba mais aqui).
  • Sábado de Aleluia: 9h às 12h – Confissões; 20h – Missa da Vigília Pascal e Benção da água (pode levar água);
  • Domingo de Páscoa: missas às 8h, 10h e 19h30.

The post Primeira Páscoa pós-pandemia terá celebrações presenciais nas igrejas de Balneário first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também