Professor da Univali recebe prêmio internacional

Relacionadas

O coordenador do curso de Farmácia da Univali, professor Luiz Carlos Klein Júnior, é o primeiro pesquisador brasileiro e o segundo não europeu a receber a medalha Egon-Stahl in Silver concedida pela Sociedade de Pesquisa em Plantas Medicinais e Produtos Naturais da Europa (Gesellschaft für Arzneipflanzen- und Naturstoff-Forschung – GA).

A medalha Egon-Stahl é conferida em três modalidades: bronze para pesquisadores até 30 anos, prata para pesquisadores até 40 anos e ouro para pesquisadores acima de 50 anos. Todas as medalhas são conferidas para pesquisadores indicados por outros membros da Sociedade com destacada produção científica nas áreas de Farmacognosia e de Análise Fitoquímica. A nomeação do professor Luiz Carlos Klein Júnior foi indicada pela professora Amélia Teresinha Henriques (UFRGS) e aprovada por unanimidade pelo comitê de seleção.

“Por ser um processo iniciado por indicação, recebi o prêmio com muita surpresa. Mas, foi extremamente bem-vindo. Considerando a escassez de fomento à pesquisa que estamos vivenciando no Brasil, receber esta medalha é uma importante validação e um grande estímulo, especialmente para pesquisadores em início de carreira, como é o meu caso. Destaco que este prêmio é fruto das várias colaborações que tive o prazer de cultivar durante minha vida científica, iniciada aqui na Univali”, comemora o professor.

A pesquisa do professor é focada no uso de técnicas (bio)quimiométricas no estudo de produtos naturais obtidos da flora do sul do Brasil, com potencial aplicação relacionada a doenças multifatoriais, como as neurodegenerativas (Alzheimer e Parkinson). A (bio)quimiometria foca no uso de modelos matemáticos, envolvendo abordagens multivariadas na análise de dados, para estudo, predição e correlação de resultados químicos e biológicos.

Em setembro 

A cerimônia de premiação será on-line durante o 69º Congresso Internacional e Reunião Anual da Sociedade de Pesquisa em Plantas Medicinais e Produtos Naturais no dia 6 de setembro. O professor Luiz Carlos Klein Júnior foi convidado para fazer uma palestra durante a cerimônia de abertura do evento. Ele ainda receberá a medalha de prata e um prêmio no valor de € 3.000.

“A conquista dessa premiação muito nos orgulha, pois além do reconhecimento ao trabalho do pesquisador, também é um reconhecimento ao trabalho coletivo que vem sendo desenvolvido há mais de 20 anos no Núcleo de Investigações Químico-Farmacêuticas (NIQFAR) da Univali. O professor Klein é nosso egresso do mestrado em Ciências Farmacêuticas e hoje desenvolve aqui pesquisas de ponta, oportunizando a formação de recursos humanos qualificados na área de abrangência da química e da farmacognosia”, afirma o vice-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, professor Rogério Corrêa.

“Recebemos a notícia deste prêmio com muita alegria e orgulho. O professor Luiz Carlos Klein Júnior é um jovem pesquisador altamente dedicado e entusiasmado. Nosso orgulho é ainda maior, pois o seu mestrado em Ciências Farmacêuticas e seu pós-doutoramento foram realizados na Univali. A medalha Egon-Stahl, que foi um farmacêutico e criador da Cromatografia em Camada Delgada, é o reconhecimento de um trabalho exemplar e muito relevante para a área desenvolvido por ele”, destaca o reitor da Univali, professor Valdir Cechinel Filho.

O professor Luiz Carlos Klein Júnior é farmacêutico, doutor em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e pela Universidade Livre de Bruxelas (Vrije Universiteit Brussel – VUB; co-tutela). Desde 2017, é professor do curso de Farmácia e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas e, em 2021, assumiu a coordenação do Curso de Farmácia da Univali.

Texto Roberta Ramos/Assessoria Univali

The post Professor da Univali recebe prêmio internacional first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também