Programa ‘Se Liga na Rede’ vistoriou mais de 76 mil imóveis em cinco anos

Relacionadas

Desde 2017, quando a Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) criou o ‘Se Liga na Rede’ até dezembro de 2021, o programa realizou mais de 76 mil vistorias e mais de 100 lacres em diferentes imóveis, totalizando cerca de 500 unidades consumidoras, referentes ao lançamento irregular de esgoto sanitário ao meio ambiente. 

A equipe do Se Liga na Rede (Arquivo/Emasa)

O programa foi criado para fiscalizar ligações irregulares e desta forma melhorar a qualidade dos rios e praias.

Atualmente, cerca de seis mil imóveis (18,56%), estão com alguma irregularidade e prazo para se adequarem. 

A maior incidência é nos bairros das Nações e Centro.

A direção da Emasa reuniu a equipe do programa, na quarta-feira (26), para avaliar os resultados do trabalho, após as mudanças de protocolos e legislações sanitárias mais rigorosas, que estão em vigor desde 2019. 

Estavam presentes o diretor-geral da Emasa, Douglas Costa Beber; as fiscais Sanitaristas, Beatriz Nunes e Andressa Algayer; e as equipes da empresa terceirizada que trabalham em campo (são quatro equipes com dois integrantes cada).

Apesar da pandemia que restringiu um pouco o trabalho, a avaliação foi positiva, tanto no combate às ligações irregulares como na conscientização da sociedade. 

O diretor-geral, Douglas Costa Beber, credita esses resultados aos investimentos em saneamento feitos pela Emasa, ações de cuidado com o meio ambiente do Governo Municipal, ao intenso trabalho da equipe; a participação das entidades de classe e a população em geral. 

“Hoje somos a cidade mais saneada do Estado e uma das mais do país, com implantação de rede coletora de esgoto em mais de 98,5%, e até o fim desse ano devemos atingir a universalização do saneamento. Mas, de nada adianta ter rede, se não tivermos os imóveis conectados corretamente à essa rede. E esse é o principal papel do Se Liga na Rede, fiscalizar essas ligações e garantir efetivamente, uma Balneário Camboriú saneada”, destacou Douglas.

O engenheiro civil Sandro Costa, responsável pelos agentes de saneamento do programa, disse que o trabalho diário de vistorias nas ruas nem sempre é fácil, mas a maioria das pessoas tem entendido e auxiliado. 

“Gostaria de salientar o apoio que a população tem mostrado ao longo do tempo do Se Liga na Rede, e abraçar a causa de forma conjunta, para melhorar a qualidade dos córregos, rios e praias, diminuindo o impacto ao meio ambiente. Dessa forma nossa equipe de campo hoje é vista como um “agente do bem” que está prestando um serviço em prol da própria comunidade”, mencionou.

Sobre o programa

Teste da fumaça é feito nas ruas (Arquivo/Emasa)

O Programa Se Liga na Rede verifica a situação das ligações hidrossanitárias em toda a cidade, através de teste de fumaça e lançamento de corantes na rede de esgoto. 

O teste de fumaça é uma técnica utilizada para detectar irregularidades e vazamentos na rede de esgoto. 

A intervenção é feita por meio do Poço de Visita (PV) e uma fumaça especial, não tóxica, ou seja, que não representa risco à saúde, é injetada na rede para constatar as inadequações. A fumaça pode sair pela calha ou alguma saída de esgoto dentro dos imóveis, quando o pluvial do imóvel está conectado à rede de esgoto externa; ou nas bocas de lobo, quando é algum problema na própria rede.

Os trabalhos não são executados dentro das propriedades, porém, a fumaça pode ser percebida dentro dos imóveis. Caso o morador perceba a fumaça, deve abrir as janelas e chamar o técnico que estará acompanhando os trabalhos na rua. A fumaça surge apenas durante o teste, nunca depois da avaliação.

Os moradores que precisarem verificar as ligações dos seus imóveis ou tiverem seus esgotos lacrados podem procurar a Emasa para se regularizar. 

Dúvidas e informações pelos Canais de Atendimento – SAC: 0800 643-6272; Fala EMASA – Whatsapp: (47) 3261-0000; Protocolo eletrônico: emasa.1doc.com.br/atendimento ou e-mail: [email protected].

Fonte: Assessoria Comunicação/Emasa

The post Programa ‘Se Liga na Rede’ vistoriou mais de 76 mil imóveis em cinco anos first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também