Projeto Borboleta de Menarca que investe na saúde da mulher desde a infância foi aprovado pelo Legislativo

Relacionadas

A vereadora Juliana Pavan (PSDB) comemorou a aprovação do projeto Borboleta de Menarca, na sessão legislativa desta terça-feira (6). O projeto tem por base a promoção da saúde da mulher, desde a infância, prevendo inclusive a distribuição de absorventes higiênicos para meninas que não têm condições de comprar.

O nome do projeto refere-se ao início do ciclo menstrual. Borboleta significa transformação e menarca é a primeira menstruação.

“A aprovação da proposição foi um avanço na visibilidade feminina e em sua responsabilidade, enquanto representante da comunidade, somada à do Poder Executivo, na garantia de políticas públicas inclusivas, sem máscaras, mas com ações que garantam direitos, espaço e saúde de qualidade às mulheres de Balneário Camboriú e a partir de agora, irei ao prefeito para pedir agilidade nos trâmites legais”, disse Juliana.

Além do foco em meninas que não conseguem manter assiduidade na escola, quando iniciam a vida menstrual, porque não têm acesso a absorventes, Juliana ainda citou a ausência de informações, porque em muitas famílias o assunto ainda é tabu.

O projeto pede também políticas públicas de prevenção às Doenças Sexualmente Transmissíveis, à gravidez precoce e quer levar o assunto para dentro das escolas. Segundo dados da ONU, uma em cada 10 meninas se ausenta da escola durante a menstruação e o Brasil tem hoje cerca de 7,5 milhões de pessoas nessa condição e quase 90% delas estudam em escolas públicas.

Apoios

Minutos antes da sessão, a parlamentar foi surpreendida com algumas visitas, dentre elas, Rhaissa Amarante, vice-presidente do Centro Acadêmico de Administração Pública – CAAP/UDESC, acompanhada da vereadora mirim, Letícia Campana de Góes e de Sabrina Silva (PDT), que colaborou com a iniciativa.

Elas levaram uma carta de apoio ao projeto, intitulada: “Por uma cidade em que a dignidade menstrual não seja privilégio de poucos” assinada por várias lideranças estudantis da cidade, do Estado e do país, além da própria Rhaissa, representante do CAAP/UDESC, Adrielle de Moura, diretora da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), Victória Salgado Figueiredo Gomes, vice Presidente da União Catarinense dos Estudantes (UCE), Julia Guedes, presidente do Grêmio Estudantil Higino João Pio, e Arielly Sennes Teixeira, presidente do Grêmio Estudantil Geração Consciente.

“O apoio destas jovens mulheres e das instituições que representam, me emociona e me traz um gás ainda maior para seguir nesta caminhada sempre em prol das pessoas, neste ato, mais particularmente a população feminina de nossa cidade”, comentou Juliana.

Um abaixo assinado online também já soma quase 300 assinaturas.
“A abrangência desta iniciativa já transcendeu os limites de Balneário Camboriú, além de participações por redes sociais, também já temos pedidos de informações sobre o Borboleta vindo de várias cidades do estado”, informou a vereadora.

The post Projeto Borboleta de Menarca que investe na saúde da mulher desde a infância foi aprovado pelo Legislativo first appeared on Página 3 – Notícias de Balneário Camboriú.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também