Reunião para discutir problemas de insegurança na Praia dos Amores acontece nesta terça

Relacionadas

Organizadores esperam boa participação dos moradores do bairro

Última reunião no bairro, em março, teve baixa participação do público (Divulgação)

Está marcada para esta terça-feira (2), às 19h, uma reunião para discutir as dificuldades que a Praia dos Amores vêm enfrentando na área da segurança, com furtos de veículos, principalmente.

O encontro, aberto aos moradores e que contará com a presença do secretário de Segurança de Balneário, Antônio Gabriel Castanheira Junior, será na Sorveteria Stringari, que fica na Avenida Carlos Drummond de Andrade, 770.

Segundo o presidente da Associação de Moradores da Praia dos Amores, o advogado Valdir de Andrade, a situação de insegurança no bairro se agravou recentemente.

“Furtaram cinco veículos em uma semana, praticamente um por dia! Houve um assalto a mão armada também, contra uma família que já havia sido assaltada em junho. Em minha percepção, esses dois assaltos [contra a mesma família] têm conexão”, diz.

A situação do bairro foi discutida em reunião do Conselho Municipal de Segurança e Incolumidade Pública (Comsep) na noite de segunda-feira (1) e com a presença das forças de segurança da cidade.

“Eles [Polícia Militar, Guarda Municipal, Polícia Civil, etc.] sabiam da situação e estão investigando. O secretário Castanheira nos informou que há suspeita que os furtos de carros foram feitos por uma quadrilha de Joinville, que vem com encomenda de carro específico para furtar e levam para desmanche, para pegar as peças. E se os carros foram desmanchados mesmo, infelizmente não serão encontrados”, pontua, citando que os moradores da Praia dos Amores têm o hábito ruim de deixar seus carros estacionados na rua, porque até então não havia problema.

Valdir comenta que uma defesa da associação é o videomonitoramento e que também irão solicitar ao secretário Castanheira que a Guarda Municipal intensifique as rondas no bairro.

“Os moradores pedem um posto policial na região, mas sabemos que a visão é de que cada posto centraliza 16 policiais, que ficam no posto ao invés de estarem fazendo rondas, por isso pediremos a intensificação das rondas. A Praia dos Amores virou balada, é um point, é zona de passagem para a Praia Brava de Itajaí, e atrai público bom e ruim. Pedimos que a comunidade participe da reunião de hoje, porque a última que fizemos foram só seis pessoas, e como há um problema grave como esses recentes furtos, precisamos de uma participação maior. Temos que nos unir e participar, para que o poder público veja que estamos clamando por ajuda”, completa.

Mais notícias dessa editoria

- publicidade -

Leia também