Unipraias moderniza cabines dos bondinhos em Balneário Camboriú

Relacionadas

Novos bondinhos, nas cores vermelha e amarela, apresentam design moderno e melhor acessibilidade

O Parque Unipraias está investindo na modernização completa de seus bondinhos. Após 19 anos de uso, os 47 bondinhos brancos e azuis, que viraram cartão postal da cidade, estão sendo substituídos por novos modelos.

As 47 cabines novas – importadas da empresa suíça ROWEMA – são produzidas em alumínio e policarbonato e possibilitam uma visibilidade 360 graus das belas praias de Balneário Camboriú.

Com design moderno e nas cores vermelha e amarela – cores fornecidas pela empresa fabricante e que seguem os padrões de outros bondinhos no mundo, em países como Áustria, Itália, Suíça e Nova Zelândia – cada cabine possui comprimento de 2 metros, altura de 2,10 e profundidade de 1,77 metro. Assim como nos antigos bondinhos, as portas se abrem e fecham automaticamente.

“Com a troca, teremos uma diminuição das filas de embarque, já que vamos contar com o aumento de 50% no rendimento, além de proporcionarmos mais conforto aos passageiros com cabines mais amplas. Também se beneficiarão com a mudança os portadores de necessidades especiais, pois todos os novos bondinhos foram projetados para receber os deficientes físicos de maneira segura e rápida”, explica o diretor do Parque Unipraias, Evódio João de Souza.

O Parque Unipraias estará fechado neste mês para a substituição das cabines. A reabertura, com as novas cabines, está marcada para o dia 24 de maio. Confira o calendário anual de funcionamento aqui.

Com informações: Mirella Huelsmann

Fonte: Página 3

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também

Itajaí avisa que seu sistema de saúde pública poderá entrar em colapso

Pandemia está fora de controle na região A Secretaria de Saúde de Itajaí distribuiu comunicado informando que seu sistema de saúde não tem capacidade...

UniSociesc antecipa o futuro e lança Cursos Live

A tecnologia surgiu como uma ferramenta de aproximação entre pessoas que estavam distantes fisicamente, por meio de equipamentos como celular e computador. Hoje, o...

Dívida histórica de Balneário Camboriú com a Comunidade Quilombola marca o dia da Consciência Negra.

A matriarca da Comunidade Quilombola do Morro do Boi, Margarida Jorge Leodoro, ‘Dona Guida’, 88 anos, parteira, benzedeira, moradora antiga de Balneário Camboriú, está...