Vereadora Juliana cobra incentivo ao esporte de Balneário Camboriú: “Muita falta de respeito”

Relacionadas

A vereadora Juliana Pavan se posicionou sobre a falta de investimentos na área de esportes em Balneário Camboriú, lamentando a ‘situação de abandono’, como descreveu, e pontuando que os atletas da cidade estão desamparados, sem apoio da prefeitura, com muitos precisando inclusive treinar em Itajaí por falta de estrutura, como é o caso do atletismo.

Juliana pediu mais incentivo do governo municipal ao esporte de base e de alto rendimento em Balneário, defendendo ainda a recuperação de espaços públicos para atividades esportivas como forma de incentivo.

“Um dos motivos que estou reivindicando é o atletismo. Há atletas que são destaque nacional e internacional, que são daqui e que por problemas estruturais na pista, que fica no Bairro das Nações, precisam treinar em Itajaí. A atual pista é um desrespeito, e mesmo com todas as dificuldades ainda trazem muitos títulos, imagina se tivessem apoio estrutural!”, diz. 

Ela citou problemas em outros locais, como no ginásio da Barra, que passou por reforma recente e ainda tem dificuldades, além do ginásio do CIEP, que está sem ser utilizado e quadras desabilitadas, que poderiam ser usadas nos bairros. 

“Há estruturas que não tem reparos e estão fechadas, que poderiam ser reformadas e abertas para a comunidade, como é o caso também do estádio do Bairro dos Municípios. Já sugeri campeonatos de interbairros, para movimentar a cidade. Na época fizeram reuniões, mas nem tocaram para frente”, lembra.

A vereadora pontua que há atletas e paratletas que recebem apoio, mas que precisa ser falado de uma forma coletiva. 

“Muitos dos atletas que vão viajar precisam fazer vaquinha para poder ir, e isso acontece por falta de ação do poder público… há muita falta de respeito! O que o esporte pode fazer na vida do ser humano é fantástico, por isso precisamos incentivar e está faltando investimento”, comenta.

A vereadora também cobrou respostas às perguntas formuladas em um pedido de informação enviado ao Executivo no primeiro mês de seu mandato (janeiro/2021) e que, até agora, não foi respondido. 

No documento Juliana solicitou a agenda de eventos, projetos, programas e modalidades esportivas atendidas pelo município. 

“Nunca responderam o pedido de informação que fiz. São situações que estamos cobrando desde 2021 e que precisamos de resposta. Tudo o que questionamos é voltado para o interesse da comunidade. Nesta semana foi uma pessoa ao meu gabinete para me questionar sobre esse tema. Afinal, atletas e paratletas daqui ralam todos os dias, eles mesmos tem que ir por conta própria representar Balneário, e aí quando voltam com medalhas são homenageados. Não faz sentido e é desrespeitoso”, pontua.

Mais notícias dessa editoria

Advertisment

Leia também